domingo, maio 22, 2022
BNR-728X90-RENOVACAO---SOCIAL
BNR-728X90-RENOVACAO---ILUMINACAO
BNR-728X90-RENOVACAO---PAVIMENTACAO
HomeArbitragemGodoi detalha arbitragem polêmica que tirou Palmeiras da fila e diz que...

Godoi detalha arbitragem polêmica que tirou Palmeiras da fila e diz que juiz do jogo depois foi ‘vendido’ para ajudar Argentina

Os dois estiveram juntos em dois momentos marcantes para o futebol – e também para a carreira deles. Primeiro na final do Campeonato Paulista de 1993, que acabou com a fila do Palmeiras justamente contra o arquirrival Corinthians. E depois em um duelo entre Argentina e Colômbia pelas eliminatórias.

A começar pela final de 1993. Godoi detalhou o que aconteceu em campo e fora dele. Disse que todos os árbitros envolvidos na partida – a Federação Paulista decidiu colocar apenas juízes na partida, ‘improvisando’ árbitros na função de bandeirinha – estavam irritados pela situação. Inclusive ele mesmo, que ‘se negou’ a ajudar José Aparecido no lance que resultaria na expulsão de Edmundo.

“Foi uma escala de árbitro que teve um tumulto desgraçado, pela maneira como os covardes da comissão daquela época fizeram para tirar o deles da reta colocando só árbitros para apitar. Ficou um clima muito ruim. Foi escala direta, não teve sorteio, e nem isso eles quiseram assumir. O João Paulo de Araújo que queria apitar (e foi 4º árbitro) estava com o beição aqui embaixo, eu queria apitar e estava puto da vida. O Dionísio Roberto Domingues, que tinha apitado o primeiro jogo, foi escalado para a outra bandeira. Foi uma titica tremenda feita pela comissão de arbitragem da época e pelo comando da Federação Paulista”, diz Godoi.

“Foi um carrinho que o Edmundo dá, pula com os dois pés no Paulo Sérgio, não acerta e o Paulo fica com aquela encenação toda. O Zé Aparecido, de frente para mim, acho que não deu nem falta, deu arremesso lateral. Se eu tinha que informar? Informar para que se ele está vendo e olhou de mim? Tem muito a ver (com a escala do jogo). No vestiário eu falei que não ia interferir na arbitragem. Porque tudo que eu interferir vão achar que eu estou te sacaneando. Do meu lado, tudo que você achar que deve tomar de decisão, você toma. Inclusive de impedimento”, completa.

GAZETA PRESS

Oscar Robeto de Godói, José Aparecido de Oliveira, Dionísio Roberto Domingos e João Paulo de Araujo, os árbitros de 1993
Oscar Robeto de Godói, José Aparecido de Oliveira, Dionísio Roberto Domingos e João Paulo de Araujo, os árbitros de 1993

O lance aconteceu quando a partida ainda estava em 1 a 0 – o Corinthians, que tinha acabado de ter Henrique expulso, tinha a vantagem do empate depois de ter vencido o jogo de ida. Depois, o Palmeiras goleou por 4 a 0. Edmundo conseguiu mais duas expulsões do lado corintiano e ainda sofreu um pênalti. E o Palmeiras foi campeão após 16 anos, 9 meses e 25 dias de jejum.

Essa, porém, não foi a maior polêmica envolvendo José Aparecido.

GAZETA PRESS

O juiz José Aparecido de Oliveira
O juiz José Aparecido de Oliveira

Em agosto daquele mesmo ano de 1993, dois meses depois da final do Paulista, José Aparecido foi escalado para apitar Colômbia x Argentina pelas eliminatórias sul-americanas, agora com Oscar Roberto Godoi como quarto árbitro.

E esse jogo acabaria com a carreira de José Aparecido.

Segundo Godói, o árbitro havia ‘sido vendido’ para ajudar a Argentina naquela partida. Godói diz não saber como foi o acordo, mas revela um acerto entre as confederações brasileira e argentina de mútua ajuda entre os países.

Junto com os bandeirinhas Daniel Fernandes e José Jurandir Lins, José Aparecido teria se negado a cumprir esse acordo.

“Eu não vivi essa situação que depois foi falada para mim. Eu saio para fazer o serviço nos vestiários, quando eu volto estavam os três conversando e eles param de conversar. Você percebia no semblante que eles estavam tensos. Tensos. Tensos. Eu saí estava de um jeito, volto de outro, mas fiquei na minha. Como tinha muita amizade com o Daniel e também tinha muita amizade por ir à Recife e ser recepcionado pelo Jurandir. O Jurandir me contou o que aconteceu naquela hora”, começa Godói.

“Ele (José Aparecido) estava vendido, monetariamente, materialmente ou por acordo entre cúpulas. Tinha aquele tratado que brasileiro apita jogo da Argentina e argentino apita jogo do Brasil. E se as seleções estiveram precisando os árbitros ajudam. Eu não sei qual era o acordo. Ele teria que ajudar a Argentina e não ajudou. Ele apitou no pau. Aí ele se ferrou. Porque ele não aceitou o que os dirigentes acordaram entre Brasil e Argentina”, completa.

A Colômbia ganhou aquela partida por 2 a 1 e manteve a liderança do grupo naquele momento. Depois, garantiu a classificação direta à Copa do Mundo e jogou a Argentina para a repescagem contra a Austrália. Os argentinos até se classificaram para o Mundial, mas depois acabaram eliminados nas oitavas de final pela Romênia.

- Advertisment -
WhatsApp Image 2021-08-18 at 5.26.23 PM
Screenshot_3
549874643216798-4
f54459f1-2954-40f7-b3a6-7858147561ae
IMAGEM

Mais lidas