segunda-feira, janeiro 17, 2022
BANNER_728x90px (4)
HomeDESTAQUES2ª ETAPA DA SELETIVA ESTADUAL ESTUDANTIL DE TÊNIS DE MESA

2ª ETAPA DA SELETIVA ESTADUAL ESTUDANTIL DE TÊNIS DE MESA

Aconteceu neste sábado dia 08 de Julho, no Camelódromo na cidade de Camaçari, a 2ª etapa interna da Seletiva Estadual Estudantil de Tênis de Mesa do colégio Ilay, sobre a coordenação do Professor Reginaldo Sacramento e do Professor Mauricio Calhau. Participaram 10 atletas nas categorias de 12 a 14 anos e 15 a 17 anos, a forma de disputa foi classificatória. E os classificados foram os atletas: 1º Lugar, Rafael Teles, 2º lugar, Nadson Ferreira, 3º lugar, Felipe Santos. Circuito Camaçari: 1º Rafael Teles (Ilay ); 2º Kauan Monteiro (São Tomaz ); 3º Samuel (CETEP ) Laís bastos, Rafael Iuque.

Em entrevista ao site ESPORTESGERAL, o Professor Mauricio Calhau falou da falta de apoio das autoridades do município, das condições precária que estar o camelódromo e a sua situação como professor.

“É a segunda etapa da seletiva que estar acontecendo, e quem passar vai pro nacional representar a Bahia, mais sem apoio fica muito difícil. Quem estar apoiando é o Professor Reginaldo Sacramento.” Falou também que tem oito atletas muito bem preparados para jogar a seletiva dos jogos escolares estadual, o objetivo é levar seis vagas de oito que tem lá no estado da Bahia, ele garante que no mínimo seis vai estar no nacional. Estar lutando com suas próprias forças, fazendo um trabalho social para a cidade, sem apoio da Prefeitura, sem apoio de entidade nenhuma, só com a força de vontade para não deixar as crianças perdidas e que o seu objetivo é transforma-las em um ser humano melhor. “Recebi uma proposta de Aracajú para fazer tênis de mesa por lá, não foi ainda porque estar esperando a prefeitura de Camaçari lhe contratar, “eu prefiro ficar por aqui, pois é a minha casa.”

FOTO DE MARIA DAS CANDEIAS

A atleta Laís, 17 anos, moradora do Bairro Parque Verde I, em Camaçari, disse que ainda não estar tão preparada assim para o estadual, e que ainda faltam algumas semana para lutar e fazer um bom jogo. “Estar muito difícil porque estrutura a gente não tem, não tem patrocínio e nem ajuda do município, só o apoio da nossa família e a vontade de jogar. A prefeitura deveria apoiar o esporte, o tênis de mesa, porque beneficia a eles, beneficia a cidade e os atletas, os jovem fazendo esporte tira eles muito das drogas e desse mundo ruim” disse!

FOTO DE MARIA DAS CANDEIAS

Conversamos também com o atleta Cauã Monteiro, 14 anos, Bi Campeão Baiano de Tenis de Mesa, morador de Camaçari, ele disse que estar muito bem preparado, mais que o ambiente não ajuda, que o local de treinamento não oferece condições mínimas de treino e que graças ao Professor Mauricio que tem cuidado do ambiente que vem conseguindo treinar com muitas dificuldades, mesmo assim que chegar no mundial e ser o primeiro para representar a Cidade de Camaçari, “venho me preparando, treinando muito forte para isso e com o melhor treinador da Bahia Professor Mauricio. Disse!

FOTO DE MARIA DAS CANDEIA

O Atleta Janilton Santos, 17 anos, morador do Bairro Nova Vitoria, em Camaçari, “Estou treinando sem apoio de ninguém e o ambiente de treinamento é péssimo, mesmo assim treino forte dentro das condições tenho uma convivência boa com a equipe.” Disse ainda que não estar preparado para chegar, mais, que vem treinando muito forte para e vai chegar no estadual e também quer chegar no mundial, por isso está estudando, respeitando a todos e treinando muito.

FOTO DE MARIA DAS CANDEIA

A entrevista do Professor e Coordenador Reginaldo Sacramento, vocês vão ouvir e assistir através do Vídeo postado. E, veja também as péssimas condições que se encontra o Camelódromo.

 

 

- Advertisment -
WhatsApp Image 2021-08-18 at 5.26.23 PM
Screenshot_3
549874643216798-4
f54459f1-2954-40f7-b3a6-7858147561ae
IMAGEM

Mais lidas