terça-feira, janeiro 25, 2022
BANNER_728x90px (4)
HomeBahia"A gente não se orgulha", diz capitão Tiago

“A gente não se orgulha”, diz capitão Tiago

Começar a tirar da cabeça tudo que se passou no domingo é tarefa árdua para todos os envolvidos com o futebol da Bahia. No Tricolor, ainda reverberam os ecos do histórico e violento Ba-Vi do Barradão.

Nesta terça-feira, 20, às vésperas do duelo com o Náutico – quinta, 22, às 21h45, na Fonte Nova, pela Copa do Nordeste – o zagueiro e capitão Tiago ainda repercutiu as confusões do clássico em entrevista coletiva no Fazendão.

“A gente não se orgulha em nada do que aconteceu no clássico, mas a gente tá com a consciência tranquila de que foi lá pra jogar futebol”, disse ele, que defendeu Vinicius, o pivô do desentendimento que se transformou numa briga generalizada.

“Vinicius comemorou de uma forma que, não vou dizer correta, mas da maneira que julgou apropriada no momento. Já ocorreram comemorações muito piores e mais desrespeitosas de jogadores do Vitória em Ba-Vis anteriores e nem por isso a gente agrediu ninguém”, argumentou.

Tiago ainda reiterou a posição do Bahia de acusar o Vitória de ter forçado a última expulsão, do zagueiro Bruno Bispo, para que a partida terminasse antes do fim do tempo regulamentar: “Não tenho como provar, mas tenho o feeling do jogo e na hora ficou bem evidente. Depois, nas imagens, ficou mais claro ainda”.

Apesar de ter sido o foco principal da entrevista, o Ba-Vi já não é o que mais importa para o Bahia, de acordo com o discurso do zagueiro. “Sinceramente, a gente já virou essa página. Agora nosso foco é no Náutico”.

No confronto, o Bahia defende a segunda colocação do Grupo C do Nordestão. Caso vença, abre cinco pontos para o adversário e fica a três do líder, Botafogo-PB. Já se perder, é ultrapassado pelo Timbu.

Dúvida no gol

Para a partida, o técnico Guto Ferreira pode ter um desfalque importante: o goleiro Douglas, que sofreu um corte no pé em acidente doméstico. Caso ele não atue, Anderson deve ser o substituto.

O resto do time, repetido nesta terça em atividade tática, deverá ser o mesmo que começou o clássico: Nino, Tiago, Lucas Fonseca e Mena; Gregore, Vinicius e Zé Rafael; Elber, Edigar Junio e Kayke.

O Bahia confirmou nesta terça a contratação de dois novos técnicos como parte do processo de reformulação das divisões de base. O paulista Pablo Fernandez, ex-Red Bull Brasil, assume o sub-20. No comando do sub-17 ficará o baiano Tiago Santa Bárbara, que já atuou como preparador físico em equipes como Flu de Feira e Camaçari.

Nesta terça, o Tricolor também oficializou a saída de Hernane para o Grêmio. Foram 31 gols em 71 jogos disputados desde 2015.

- Advertisment -
WhatsApp Image 2021-08-18 at 5.26.23 PM
Screenshot_3
549874643216798-4
f54459f1-2954-40f7-b3a6-7858147561ae
IMAGEM

Mais lidas