sexta-feira, junho 24, 2022
BNR-728X90-RENOVACAO---SOCIAL
BNR-728X90-RENOVACAO---ILUMINACAO
BNR-728X90-RENOVACAO---PAVIMENTACAO
HomeBahiaAinda em jejum de vitórias, Bahia arranca empate no fim e impede...

Ainda em jejum de vitórias, Bahia arranca empate no fim e impede Fluminense de entrar no G-6

O Bahia saiu atrás logo no começo do jogo, foi para cima e, já nos minutos finais, conseguiu arrancar o empate contra o Fluminense por 1 a 1, neste domingo,  pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. Wellington Silva abriu o placar logo aos 12 min do primeiro tempo, enquanto João Paulo deixou tudo igual aos 38min da etapa final.

Com o resultado, o Bahia vai a 12 pontos, permanece fora da zona de rebaixamento, em 16º, e chega a sete jornadas sem ganhar (quatro reveses e três empates). Já faz mais de um mês desde o último triunfo na competição – 1 a 0 sobre o Cruzeiro, em 8 de junho.

O Fluminense, por sua vez, soma 17 pontos, figura na sétima colocação e perde a chance de entrar no G-6, ficando atrás de Cruzeiro e Santos, ambos com 17 pontos e uma vitória a mais (cinco a quatro).

O placar ainda mantém o jejum do Bahia diante da equipe carioca, adversário que não vence há sete partidas: são cinco derrotas e dois empates. O último triunfo ocorreu em setembro de 2011, por 3 a 0, pela primeira divisão nacional.

Pela próxima rodada do Campeonato Brasileiro, o Bahia visitará a Ponte Preta no Moisés Lucarelli, na quarta-feira, às 19h30 (de Brasília). No mesmo dia, o Fluminense fará clássico contra o Botafogo, às 21h.

Os mandantes tomaram a iniciativa e quase marcaram em um chute de longe de Renê Júnior logo aos 2min, que passou perto do alvo. Aos 9min, Mendoza teve conclusão bloqueada e ganhou o escanteio. A resposta dos cariocas, porém, seria precisa. Aos 12min, Lucas aproveitou erro de Vinícius, recuperou a bola no campo de ataque e cruzou rasteiro. Henrique Dourado desviou de letra, e Wellington Silva completou para o fundo da rede.

Os baianos mantiveram o domínio territorial e quase empataram aos 26min. Vinícius levantou da esquerda, e Mendoza, livre na pequena área, cabeceou à esquerda do alvo, desperdiçando chance incrível. Seis minutos depois, o atacante voltaria a concluir de cabeça, mas dessa vez pararia em defesa de Julio César.

A equipe da casa seguia no ataque e em busca do empate, mas pararia no goleiro adversário. Aos 40min, Julio César espalmou finalização de fora da área de Régis. Um minuto depois, o arqueiro voltaria a aparecer bem em conclusão de Renê Júnior.

 

  • Empate no fim

 

Na volta do intervalo, o cenário da partida seguiu o mesmo, e o Bahia quase empatou aos 10min. Régis aproveitou sobra de bola, soltou a pancada e viu a bola passar perto do alvo.

Aos 14min, Wellington Silva recebeu passe de Gustavo Scarpa na área e acertou a trave, mas a arbitragem já havia marcado impedimento inexistente no lance. Aos 22min, Henrique Dourado concluiu longe do alvo depois de levantamento da esquerda.

Os mandantes seguiram controlando a bola até o apito final, mas tinham dificuldade para criar oportunidades de gol, como conseguiram na etapa inicial. Assim, o triunfo dos visitantes parecia encaminhado. Parecia. Aos 38min, João Paulo soltou a pancada de fora da área após passe de Régis e mandou no canto esquerdo de Julio César, definindo a igualdade.

FICHA TÉCNICA:
BAHIA 1 x 1 FLUMINENSE

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)
Data: 9 de julho de 2017. domingo
Hora: 16h (de Brasília)
Renda: R$ 427.932,50
Público: 18.267 (pagantes)
Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza (SP)
Assistentes: Daniel Paulo Ziolli (SP) e Daniel Luis Marques (SP)
Cartões amarelos: Armero, Lucas Fonseca, Matheus Sales (Bahia); Henrique Dourado, Marcos Junior (Flu)
Gols: BAHIA: João Paulo, aos 38 min do 2º tempo FLUMINENSE: Wellington Silva, aos 12 min do 1º tempo

BAHIA: Jean; Eduardo, Lucas Fonseca, Tiago e Armero (Gustavo Ferrareis); Renê Júnior e Matheus Sales, Zé Rafael (João Paulo), Régis e Mendoza; Vinícius (Rodrigão). Técnico: Jorginho

FLUMINENSE: Júlio Cesar, Lucas, Henrique, Reginaldo e Mascarenhas; Orejuela, Marlon Freitas e Gustavo Scarpa; Marcos Calazans (Maranhão), Wellington Silva (Marcos Junior) e Henrique Dourado (Pedro). Técnico: Abel Braga

- Advertisment -
WhatsApp Image 2021-08-18 at 5.26.23 PM
Screenshot_3
549874643216798-4
f54459f1-2954-40f7-b3a6-7858147561ae
IMAGEM

Mais lidas