Através de seu Twitter, o Ultimate confirmou que Anderson Silva irá lutar no UFC 212, no Rio de Janeiro, no dia 3 de junho, contra Kelvin Gastelum, que venceu Vítor Belfort no último fim de semana, em Fortaleza.

“Eu disse que queria uma luta que me interessasse no peso-médio, e ficaria, e Anderson é um cara que me interessaria muito lutar. É uma combinação de muitas coisas. Um grande nome, outra lenda, ranqueado acima de mim. E eventualmente posso ganhar a disputa de título se ganhar. Não ligo contra quem, quero lutas grandes, caras que estão bem no ranking. Respeito muito o Anderson, é uma lenda, maior de todos os tempos e quero seguir adiante”, afirmou Gastelum, na coletiva de imprensa após o evento em Fortaleza.

O norte-americano peso-médio tem um cartel de 15 vitórias e apenas duas derrotas no MMA.

Aos 41 anos, Anderson Silva tenta engatar uma sequência de vitórias no UFC. Ele venceu Derek Brunson, mas havia saído do octógono sem triunfar nos últimos cinco combates anteriores a esse.

O ex-campeão dos médios tem 34 vitórias, 8 derrotas e um no contest em sua carreira no MMA.

O UFC 212 terá como luta principal o duelo entre José Aldo e Max Holloway (campeão interino) pelo cinturão dos pesos-pena.