segunda-feira, junho 27, 2022
BNR-728X90-RENOVACAO---SOCIAL
BNR-728X90-RENOVACAO---ILUMINACAO
BNR-728X90-RENOVACAO---PAVIMENTACAO
HomeVitóriaApós derrota e volta ao Z-4, Mancini diz: “O que importa é...

Após derrota e volta ao Z-4, Mancini diz: “O que importa é chegar ao final fora da zona”

Vitória foi batido pelo Bahia na tarde deste domingo, na Arena Fonte Nova, pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro e acabou de volta na zona de rebaixamento . Com 33 pontos, o Rubro-Negro é o 17º da tabela.

Após a partida, o técnico Vagner Mancini minimizou o retorno ao Z-4 e deixou claro que o importante é estar fora do grupo ao fim do Brasileirão. Ele procurou encarar a movimentação da tabela com naturalidade.

– Sempre que você perde na rodada, certamente os adversários ali de baixo ganham, somam pontos, passam, voltam… Então esse entra e sai é constante nessa altura do campeonato. Temos que estabelecer uma meta, que é a meta desde que eu cheguei aqui, embora muita gente ainda falasse em Libertadores, nós nunca deixamos de saber que a nossa meta era chegar a 45 pontos. Então faltam 12 ainda. Em cima disso, a gente vai brigar até o final. Eventualmente, a gente pode entrar ou sair da zona, mas o que importa é chegar ao final fora da zona – afirmou.

Bahia e Vitória se enfrentaram na tarde deste domingo (Foto: Marcelo Malaquias/Divulgação/EC Bahia)Bahia e Vitória se enfrentaram na tarde deste domingo (Foto: Marcelo Malaquias/Divulgação/EC Bahia)

Bahia e Vitória se enfrentaram na tarde deste domingo (Foto: Marcelo Malaquias/Divulgação/EC Bahia)

Mancini avaliou o clássico desta tarde e disse que o jogo foi equilibrado. Ele admitiu que o Vitória teve falhas que propiciaram o triunfo do rival, mas analisou que um empate teria sido justo.

– Acho que o Bahia jogou melhor no primeiro tempo. O Vitória jogou melhor no segundo. No momento em que a gente tinha o jogo na mão, acabamos permitindo, num ataque nosso, a bola estava dentro da área do Bahia e, num contra-ataque, acabou saindo a defesa do Caíque num chute do Edigar e, na sequência, a gente acabou levando o segundo gol. Faltava pouco ainda. O jogo ficou tenso, aqueles últimos minutos. Acho que o mais justo seria o empate. não estou aqui para ficar arrumando desculpa. O Vitória teve oportunidades no jogo até para virar a partida e, infelizmente, não fez e amarga uma derrota que não queria – avaliou.

O Rubro-Negro volta a campo no próximo domingo, quando recebe o Atlético-GO no Barradão. Confira abaixo outros trechos da entrevista coletiva de Vagner Mancini.

Confusão entre Tréllez e Renê Júnior
– Não [conversamos]. O atleta saiu do jogo e foi diretamente ao dopping. Então ele não estava no vestiário. Eu ainda não apurei. Eu ouvi esse tipo de coisa, ouvi que foram vários atletas ofendidos entre si. Não estou aqui para defender ninguém nem para acusar ninguém. Se falou, está errado. Lógico que a gente brigas muito por tudo no futebol que seja melhor. Assim como tiveram dois lances no jogo hoje ridículos, onde o Bahia deveria devolver a bola e não devolveu. Um com Zé Rafael e outra com o próprio Renê, que deveriam usar do fair-play e não usaram. Que eu acho que eles erraram. Assim como, se o Tréllez falou alguma coisa, também errou.

Quando o Vitória perdeu a partida?
– Acho que perdeu o jogo quando era dono da situação. O Bahia já tinha feito todas as alterações, o time estava para se defender. Nós acabamos fazendo o empate. E, na sequência, nós tínhamos o jogo na mão e não deveríamos permitir o contra-ataque do Bahia. Acho que em cima disso… Foi um erro visto, analisado. A gente sabia o que poderia acontecer e a gente acabou dando chance.

Atuações de Ramon e Fred
– Eles se comportaram bem no jogo. O Ramon, à frente da zaga, jogando, marcando, dando um pouco mais de estabilidade ao sistema defensivo. O Fred, ao meu ver, entrou bem, foi muito bem em todos os lances do jogo. Duas faltas bem batidas. É um atleta mais experiente, mais rodado. Dentro de um sistema defensivo, ele acabou ajudando muito. Pena que nós não tivemos por muito tempo dentro do jogo a chance de utilizá-lo de uma outra maneira. O Vitória correu atrás do empate muito tempo, e aí, no final do jogo, chegando ao empate, ele não teve tempo suficiente para desenvolver um jogo ainda melhor.

Rendimento nas últimas partidas
– Dos últimos nove pontos, apenas um marcado. Então isso está muito longe daquilo que todos nós queremos e sabemos que é a necessidade do Vitória. Domingo a gente tem outro jogo em casa. Temos que ganhar. É muito importante que isso seja uma tônica daqui até o final. São oito jogos. Ali atrás eram 12, depois 11, 10… Agora já são oito jogos. Então temos que realmente abrir os olhos e ver que a situação pede necessidade, pede fundamentalmente vitórias neste momento.

Estratégia do contra-ataque funcionou?
– Funcionou no segundo tempo. No início do jogo, naquela saída do Bahia, de pressionar, de tentar fazer com que a bola ficasse só no campo de ataque… Nós até saímos algumas vezes, umas cinco, seis vezes bem, mas errávamos o passe. Já na segunda etapa, após a marcação do gol, o jogo virou. E aí o Bahia se colocou lá atrás e deu campo de jogo ao Vitória, que foi envolvendo, envolvendo, até que empatou o jogo. E, no momento em que era melhor na partida, acabou tomando o segundo gol.

Enfrentar o Atlético-GO na próxima rodada
– A pior equipe no geral. Mas, no segundo turno, não é a pior. Assim como o Vitória também não é. Então é uma equipe que melhorou muito e que certamente vai jogar dentro de Salvador, dentro do Barradão, achando que pode ganhar também. Então não tem como jogar de outra forma que não seja com seriedade, realmente fazendo um jogo forte desde o início do jogo, porque isso faz com que você tenha a chance sempre de sair na frente e de manter o placar.

- Advertisment -
WhatsApp Image 2021-08-18 at 5.26.23 PM
Screenshot_3
549874643216798-4
f54459f1-2954-40f7-b3a6-7858147561ae
IMAGEM

Mais lidas