Após erro, assistente de Bahia de Feira e Vitória é afastado por duas rodadas

Iniciativa implantada nesta temporada, os encontros entre a Comissão Estadual dos Árbitros de Futebol (CEAF-BA) e os árbitros baianos para análise de desempenho pós-rodadas do Baianão aconteceram mais uma vez. Nesta segunda-feira (20), o presidente da CEAF, Vidal Cordeiro Lopes, e o presidente de honra, Wilson Paim reuniram na sede da Federação Bahiana de Futebol profissionais que atuaram na 5ª rodada da Série A, no último domingo.
Foram convocados à entidade o árbitro central Jhonn Herbert Albes Bispo e o assistente Dijalma Silva Ferreira Junior. No local foram discutidos e revistos lances importantes de cada um dos profissionais.
Entre os lances analisados estava o do gol marcado pelo Vitória no Bahia de Feira. Aos 47 minutos do primeiro tempo, o assistente Dijalma Junior validou corretamente o gol. A bola, chutada de dentro da área pelo atleta Kanu, esbarrou no travessão e quicou dentro do gol. Apesar da reclamação de jogadores do adversário, através do recurso da TV foi possível ter a certeza do acerto do assistente, que estava bem posicionado e foi parabenizado pela Comissão.
Já aos 4 minutos do segundo tempo, Dijalma Junior se equivocou ao anular o gol assinalado pelo atleta Menezes, da equipe do Bahia de Feira. No início da jogada, o jogador Cleiton Xavier, do Vitória, passou a bola de cabeça para o adversário, caracterizando assim uma jogada deliberada, o que anula qualquer possibilidade de impedimento. Na sequência da mesma jogada, o autor do gol vinha de trás da linha da bola, o que também garante a legalidade na sequência do lance.
No momento da marcação do impedimento, o árbitro Jailson Macedo foi até o assistente e o informou que o passe no primeiro lance havia sido feito de forma deliberada pelo atleta do Rubro-Negro. Jailson, informou, ainda, que não tinha a certeza da posição de impedimento do autor do gol, já no segundo lance. Porém, Dijalma Junior lhe confirmou que Menezes encontrava-se impedido, fato que os levou ao equívoco da anulação do gol.
Devido ao erro, o assistente Dijalma Junior foi afastado dos sorteios de arbitragem das próximas duas rodadas do Baianão. Neste período, ele passará por treinamentos com vídeos e análises de lances de impedimento junto à CEAF-BA.