O atacante Fernando Torres, do Atlético de Madri, tranquilizou os torcedores da equipe por meio das redes sociais após ter sofrido um traumatismo craniano na partida desta quinta-feira, contra o Deportivo La Coruña, incidente provocado depois de um choque pelo alto com o meia Álex Bergantiños.

“Muito obrigado a todos por se preocuparem comigo e por suas mensagens de apoio. Foi só um susto e espero voltar muito em breve”, disse o jogador, que passará a noite no hospital de La Coruña, onde recebeu a visita de Bergantiños.

Segundo boletim médico emitido pelo Atlético, o jogador realizou exames cranianos e cervicais que determinaram não haver alterações nem lesões traumáticas.

“Ele está consciente e orientado, passará a noite em observação no hospital por protocolo médico”, anunciou o clube depois dos primeiros exames.

Nos instantes finais do duelo no estádio Riazor, aos 43 minutos do segundo tempo, Torres foi para disputa de bola no alto e sofreu forte contato de Bergantiños, pelas costas. Ele caiu desacordado, o que causou desespero em companheiros e adversários.

Depois do jogo, Bergantiños também disse que ficou assustado ao ver o adversário desmaiado no chão e ressaltou que não foi violento no lance.

“Não sei em que parte bati nele, mas quando ele caiu no chão vi que estava inconsciente. Foi um tremendo susto. Foi um choque cabeça com cabeça, um lance fortuito. Disseram que ele está bem e é o que importa”, afirmou o meia antes de visitar Torres no hospital

“É duro ver uma pessoa inconsciente. Ele fez algum barulho, como se não respirasse e aí todos se assustaram. Nesses casos, a prioridade é tratar a pessoa o mais rápido possível. Todos ficaram um pouco frios e jogaram o resto da partida assustados”, completou o meia, negando ter sido violento no lance. De acordo com o jogador do La Coruña, Fernando Torres não se lembra do momento da queda no gramado.