Atletas recusam proposta de redução salarial feita pelos clubes

0

Os atletas do futebol brasileiro disseram “não” à proposta de redução salarial da Comissão Nacional de Clubes (CNC). O documento foi entregue nesta quarta-feira, 25, pela Federação Nacional de Atletas Profissionais (FENAPAF) ao presidente do Fluminense, Mario Bittencourt, representante da CNC.

A crise financeira causada em decorrência do coronavírus fez com que a Comissão Nacional adotasse tal medida. De acordo com o Uol, além de não aceitarem a proposta, os jogadores ainda solicitaram a presença da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) na negociação em caso de calote.

Inicialmente, a proposta dos clubes era de redução de até 25% nos salários, e férias antecipadas de primeiro até 20 de abril. No entanto, a entidade que representa os atletas decidiu não aceitar a redução salarial e ainda solicitou férias remuneradas integralmente de 30 dias.

No documento, a Fenapaf ainda pede garantia dos atletas ao direito da licença remunerada de, no mínimo, 10 dias, entre o Natal e Ano Novo. Outra questão abordada foi sobre o pagamento da parcela de imagem referente ao mês de março até o dia 7 de abril.

Através de sua rede social, o presidente da entidade que representa os jogadores, Felipe Augusto, comunicou o envio da contraproposta à CNC.

Foto: Reprodução | Fenapaf
Foto: Reprodução | Fenapaf
Foto: Reprodução | Fenapaf
Foto: Reprodução | Fenapaf

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here