O Bahia desencantou. Após três jogos sem vencer e sem marcar gols, o Tricolor bateu o Jacobina pelo placar de 2 a 0 na noite deste domingo, no estádio de Pituaçu, em Salvador, pela rodada de estreia do Campeonato Baiano. Zé Rafael e Juninho marcaram os gols que tiraram o time de Guto Ferreira do zero na temporada 2017.
O Bahia termina a primeira rodada do Campeonato Baiano na liderança. O Tricolor tem três pontos e dois gols de saldo, enquanto o Vitória, na segunda posição, tem três pontos e um gol de saldo. O Jacobina ocupa a lanterna da competição.
Jacobina e Bahia voltam a jogar na quarta-feira, pela segunda rodada do Campeonato Baiano. O Jegue da Chapada enfrenta o Juazeirense o estádio José Rocha, em Jacobina, às 20h30 (horário local). O Tricolor entra em campo às 20h45 para jogar contra o Jacuipense, no Valfredão, em Riachão de Jacuípe.
A partida deste domingo marcou a estreia do terceiro uniforme do Bahia. A camisa foi utilizada na comemoração do acesso tricolor, na temporada passada.
Matheus Sales foi substituído no primeiro tempo e não deixou o campo muito feliz. Quando foi avisado que daria lugar a Juninho, ele não poupou palavrões. Na coletiva concedida após a partida, Guto Ferreira explicou que fez a mudança para evitar ter um jogador expulso. Sales estava amarelado e escapou de receber o cartão vermelho ao parar um contra-ataque do Jacobina.
O PRIMEIRO TEMPO
O primeiro tempo em Pituaçu foi bastante agitado. Mesmo com o time recheado de reservas, o Bahia partiu para o ataque e conseguiu tramar boas jogadas. Em uma delas, aos 13 minutos, Edson interceptou a bola no meio de campo e fez ótimo passe para Zé Rafael. Livre de marcação, o meia invadiu a área e chutou forte, no canto da meta de Tiago Chitão. O Jacobina tentava explorar jogadas de velocidade, mas não conseguia dar sequência aos lances de ataque. A melhor chance do Jegue da Chapada foi com Marconi. O volante chutou de fora da área e Jean quase aceitou um frango. O Bahia voltou a balançar as redes com Edson, mas o auxiliar errou, apontou posição irregular do volante e anulou o gol tricolor.
SEGUNDO TEMPO
O ritmo das equipes caiu na segunda etapa. A primeira chance real de gol ocorreu apenas com 20 minutos, quando Zé Rafael cruzou rasteiro para Juninho Capixaba chutar por cima da meta. Com aposta nos contragolpes, o Jacobina quase não chegava ao campo de ataque. E quando avançava além da linha de meio-campo, esbarrava na eficiência da defesa tricolor. Aos 22 minutos, Juninho ensaiou um gol de bola parada em cobrança de escanteio. E aos 30, o volante balançou as redes em uma de suas especialidades. Em cobrança de falta frontal ao gol, ele acertou belo chute e marcou o gol que garantiu a liderança do campeonato para o Bahia.