Bahia goleia o Moto Club e garante primeira colocação do Grupo B

O Bahia carimbou, neste domingo (12), seu passaporte para a próxima fase da Copa do Nordeste. E foi em grande estilo, com goleada sobre o Moto Club, fora de casa, por 5 a 0.

O brocador Hernane, duas vezes, e Régis, também duas vezes marcaram os gols do triunfo. A vitória garantiu ao Tricolor a classificação com a liderança do Grupo B.

Com 11 pontos ganhos, na primeira colocação do Grupo, o time baiano não pode mais ser alcançado. O Esquadrão encerra sua participação na fase de grupos no dia 22 de março, diante do Fortaleza, na Arena Fonte Nova. Antes, no próximo domingo (19), recebe o Galícia, pelo Baianão.

O JOGO

Sem dificuldades, o Bahia já construiu seu placar elástico ainda no primeiro tempo. Logo aos 26 minutos, o Tricolor marcou o primeiro gol. Armero lançou bola na área e Hernane, de cabeça, mandou nas redes.

Aos 33, o time baiano fez mais um. Após falha da defesa do Moto Club, Régis tocou no canto de Ruan para fazer o segundo.

E o terceiro saiu dez minutos depois. Allione cruzou bola rasteira na área e Hernane, de carrinho, marcou seu segundo gol na partida.

No segundo tempo, o time maranhense assustou logo aos oito minutos. Tote cruzou bola na área, Tony Galego desviou e Jean fez grande defesa para evitar.

A resposta do Bahia veio aos 16. Régis chutou bola da entrada da área e Ruan também fez bela defesa. No minuto seguinte, o goleiro salvou de novo, mas em cabeçada de Tiago.

Mas, aos 35 minutos, Ruan não conseguiu evitar o golaço de Régis. O meia recebeu passe de João Paulo na entrada da área e, de pé direito, mandou no ângulo do goleiro para fechar a goleada.

Moto Club 0 x 4 Bahia
Copa do Nordeste – 5ª rodada

Local: Castelão, em São Luís (MA)
Data/Horário: 12/03/2017, às 16h
Arbitragem: José Ricardo Vasconcellos Laranjeira, assistido por Esdras Mariano de Lima Albuquerque e Brigida Cirilo Ferreira (todos de Alagoas)
Cartões amarelos: Felipe Dias (MOT)
Gols: Hernane-2, Régis-2 (BAH)

Moto Club
Ruan; Tote, Wanderson, Ozeia e Chico Bala; Diego Teles (Junior Juazeiro), Curuca (Esdras), Válber e Tony Galego; Vinícius Paquetá e Eduardo (Felipe Dias). Técnico: Marcelo Villar.

Bahia
Jean; Eduardo, Tiago, Éder e Armero; Juninho, Edson e Régis (Renato Cajá); Zé Rafael (Diego Rosa), Allione (João Paulo) e Hernane. Técnico: Guto Ferreira.