Carille, sobre gol anulado: ‘Um erro deste tamanho não dá, é uma vergonha’

O assistente Pablo Almeida da Costa passará por reciclagem e será afastado de jogos da Série A do Campeonato Brasileiro após o grave erro que cometeu no empate por 1 a 1 entre Corinthians e Flamengo, no último domingo, em Itaquera.

No início do primeiro tempo, ele anulou gol legal de Jô, sendo que o centroavante alvinegro estava em posição legal, a três metros da linha da bola. Costa, no entanto, assinalou impedimento no lance.

O assistente será apontado para trabalhar nas divisões inferiores do Brasileiro, retornando gradualmente depois à primeira divisão.

Além disso, passará por treinamentos específicos de posicionamento.

Cássio elogia time do Flamengo, mas cobra juiz adicional e lamenta arbitragem: ‘Um erro bem grave’

“A gente faz tudo certinho, mas lidamos com o ser humano. Se um dos integrantes do trio de arbitragem não está num bom dia,  acontecem os erros”,

O dirigente também confirmou que, apesar dos equívocos que vêm acontecendo rodada após rodada no Brasileirão, a CBF seguirá escalando trios fixos estaduais.

Roberto de Andrade descarta ‘má fé’ em erro, mas promete reclamação na CBF por arbitragem

O trio que comandou o jogo na Arena Corinthians, por exemplo, era todo de Minas Gerais: o árbitro Ricardo Marques Ribeiro e os bandeiras Guilherme Dias Camilo e Pablo Almeida da Costa, além do quatro árbitro Sidmar dos Santos Meurer e dos árbitros adicionais Wanderson Alves de Sousa e Jeferson Antônio da Costa.

“O entrosamento é melhor e a logística é mais fácil. Não vejo motivo nenhum para mexer”, salientou.

Jô diz que vídeo ajudará arbitragem a errar menos: ‘São seres humanos, não adianta vir aqui e ficar martelando eles’

A CBF informará em breve quem será o substituto de Pablo Almeida da Costa no grupo comandado por Ricardo Marques Ribeiro.