segunda-feira, janeiro 17, 2022
BANNER_728x90px (4)
HomeBrasileirão - Serie ABaptista escala Michel Bastos na lateral, põe Borja na reserva e pede...

Baptista escala Michel Bastos na lateral, põe Borja na reserva e pede paciência com colombiano

A segunda-feira de feriado em São Paulo não teve folga para os jogadores do Palmeiras. Em treino nesta manhã, na Academia de Futebol, o técnico Eduardo Baptista esboçou a equipe com quatro mudanças para encarar o Jorge Wilstermann, quarta-feira, pela Copa Libertadores.

As principais novidades no time foram a presença de Michel Bastos como titular na lateral esquerda do Verdão, e Willian ocupando a vaga de centroavante no lugar de Miguel Borja, que foi para o time reserva. O meia-atacante Dudu, que cumpriu suspensão na batalha de Montevidéu, retorna ao time normalmente.

 Assim, a escalação de Eduardo Baptista teve Fernando Prass; Jean, Yerry Mina, Vitor Hugo e Michel Bastos; Thiago Santos e Tchê Tchê; Róger Guedes, Guerra e Dudu; Willian. Os veteranos Zé Roberto e Edu Dracena, com uma tendinite e um trauma no joelho, respectivamente, foram ausência na atividade.

Outra baixa no treino foi o volante Felipe Melo. O camisa 30, suspenso preventivamente pela Conmebol por três jogos por conta da confusão contra o Peñarol, foi substituído por Thiago Santos e ficou apenas nas dependências internas da Academia de Futebol.

“Zé infelizmente está com inflamação no tendão e não treinou. Não conversei com o Michel ainda, mas lá em Montevidéu vi que ele pode fazer bem a função, tem uma batida boa à frente, e no sábado bati um papo com ele, perguntei se estava disposto a ajudar e ele disse que sim, que está a meu critério. É um lateral esquerdo que, se a gente adotar, dá pra ter diversas variações durante a partida, além da bola parada forte que ele tem”, disse Eduardo Baptista em entrevista coletiva.

Sobre Borja, Baptista pediu paciência.

Baptista põe Borja na reserva e pede paciência com colombiano

“A gente no Brasil é muito apressado. Sul-Americano é muito quente. Mas na Europa temos muitos atletas que saem daqui voando e chegam lá e demoram pra engrenar. Gabriel Jesus é exceção à regra. Borja é menino jovem, vem de país diferente, calendário diferente. Contra o Peñarol ele evoluiu, não fez gol, mas participou brigando pela bola. Mas Willian está fazendo gol, fez oito gols, vem de uma entorse forte, voltou a treinar agora. Estamos motivando todos, dando oportunidade, colocando quem vive melhor momento”, explicou.

“Estamos trabalhando e corrigindo. Borja está em processo de adaptação, família chegando, país diferente. É um menino que vai dar resposta. Precisa do gol, estamos trabalhando para ele fazer, sem pressionar demais. É jogador fantástico, de muita força, fez um treino agora contra os juniores e arrastou o time inteiro no peito. É um diamante a ser lapidado”, continuou.

Após o confronto entre titulares e reservas, os suplentes passaram a enfrentar um time das categorias de base do Palmeiras, com Alecsandro e Taylor entrando na equipe. Já os titulares passaram a treinar jogadas de bola parada.

O Palmeiras precisa de apenas um empate nesta quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), contra o Jorge Wilstermann, para garantir a primeira colocação do Grupo 5 da Copa Libertadores. O Verdão lidera a chave com dez pontos ganhos, quatro a mais que o rival boliviano. Na sequência, Atlético Tucumán soma três pontos, e Peñarol dois.

- Advertisment -
WhatsApp Image 2021-08-18 at 5.26.23 PM
Screenshot_3
549874643216798-4
f54459f1-2954-40f7-b3a6-7858147561ae
IMAGEM

Mais lidas