quinta-feira, junho 30, 2022
BNR-728X90-RENOVACAO---SOCIAL
BNR-728X90-RENOVACAO---ILUMINACAO
BNR-728X90-RENOVACAO---PAVIMENTACAO
HomeBrasileirão - Serie ABastidores: como o São Paulo vê a polêmica com Daniel Alves e...

Bastidores: como o São Paulo vê a polêmica com Daniel Alves e qual a expectativa de retorno do meia

O vídeo de Daniel Alves batucando tantã com o braço em que sofreu uma fratura repercutiu entre torcedores do São Paulo nas redes sociais.

Internamente, o clube entende que o episódio era evitável. Mas o caso também é visto como uma situação normal. Por isso, não houve cobrança da direção ao jogador.

Dirigentes do São Paulo minimizaram a polêmica. Na visão deles, não se pode comparar a ação de tocar um instrumento com os choques de uma partida de futebol.

Mas, afinal, Daniel Alves podia batucar um instrumento?

A lesão do jogador foi uma fratura no terço médio da diáfise da ulna do braço direito. Para corrigir a lesão, a parte afetada no antebraço foi fixada com um placa de titânio e parafusos. O procedimento faz com que o encaixe da fratura fique estável, dando uma sensação de segurança à pessoa.

Por conta disso, o camisa 10 estava liberado para fazer movimento leves, como o de uma batucada. Sofrer quedas, levantar peso ou qualquer trauma mais forte, no entanto, pode reverter o processo.

Daniel Alves São Paulo — Foto: Reprodução

Daniel Alves São Paulo — Foto: Reprodução

O prazo biológico para consolidar uma fratura desse tipo é de, no mínimo, quatro semanas. Ou seja, isso só deve ocorrer no próximo domingo, dia 27, quando Daniel Alves completará um mês da lesão.

Por causa da fratura, o meia está fora do jogo desta terça-feira, às 21h30, contra a LDU, em Quito. Ele não viajou com o elenco para o Equador.

A partida é fundamental para o futuro do time na Libertadores. O Tricolor é o terceiro colocado no Grupo D, fora da zona de classificação, e tem situação difícil no torneio.

Daniel Alves São Paulo — Foto: Erico Leonan / saopaulofc.net

Daniel Alves São Paulo — Foto: Erico Leonan / saopaulofc.net

Defesa e reação

Daniel Alves é defendido pela diretoria, que cita dados de distância percorrida por ele, em média, nos jogos – cerca de 12 quilômetros por partida.

Além disso, cartolas afirmam que na manhã da última segunda-feira, dia seguinte à postagem dos vídeos tocando com amigos, o meia estava no CT da Barra Funda para treinamento. Lembram também que esse comportamento do jogador, classificado como “excêntrico”, já era conhecido.

Nesta segunda-feira, Daniel Alves reagiu com ironias às críticas que recebeu. Veja as publicações:

Daniel Alves diz que é proibido ser feliz em post — Foto: Reprodução

Daniel Alves diz que é proibido ser feliz em post — Foto: Reprodução

Daniel Alves com instrumento musical na cabeça — Foto: Reprodução

Daniel Alves com instrumento musical na cabeça — Foto: Reprodução

E a bola?

O planejamento no São Paulo é para que Daniel Alves esteja em campo contra o River Plate, na quinta rodada da Libertadores, semana que vem.

Daniel Alves se lesionou no dia 27 de agosto e teve que passar por cirurgia. Desde então, não jogou mais pelo São Paulo. São seis jogos sem o capitão do time: duas vitórias, uma derrota e três empates.

- Advertisment -
WhatsApp Image 2021-08-18 at 5.26.23 PM
Screenshot_3
549874643216798-4
f54459f1-2954-40f7-b3a6-7858147561ae
IMAGEM

Mais lidas