segunda-feira, maio 16, 2022
BNR-728X90-RENOVACAO---SOCIAL
BNR-728X90-RENOVACAO---ILUMINACAO
BNR-728X90-RENOVACAO---PAVIMENTACAO
HomeSem categoriaCOI suspende Nuzman e o COB após acusações de corrupção

COI suspende Nuzman e o COB após acusações de corrupção

O COI (Comitê Olímpico Internacional) se pronunciou nesta sexta-feira (6) sobre a prisão do presidente do COB (Comitê Olímpico Brasileiro), Carlos Arthur Nuzman, e decidiu suspender o dirigente de suas funções na entidade internacional. O COB também levou suspensão, mas o fato não impede atletas do país de disputarem competições internacionais, como Jogos Olímpicos de Verão e de Inverno.

Isso quer dizer que a entidade tem seus subsídios e pagamentos do COI congelados e não pode exercer seus direitos como Comitê Olímpico Nacional. O documento ainda destaca que para proteger seus interesses, a decisão não afetará os atletas do Brasil. “As bolsas olímpicas para atletas brasileiros continuarão a ser pagas”, afirma também.

A entidade internacional ressalta que vai aceitar o time olímpico do Brasil nos Jogos de Inverno de PyeongChang em 2018 e em todas as competições, sob o “guarda-chuva COB com todos os direitos e obrigações”. Ainda de acordo com o texto, a decisão provisória deve ser suspensa quando “as questões de governança da COB forem direcionadas à satisfação da diretoria”.

Nuzman foi preso pela polícia federal na última quinta-feira (5) por  sua suposta participação em uma operação de compra de jurados para a eleição do Rio de Janeiro como sede dos Jogos Olímpicos de 2016. Nuzman, também presidente do Comitê Rio-2016, foi detido em sua casa, na Zona Sul do Rio de Janeiro, como parte de uma investigação sobre a fraude na eleição da sede olímpica batizada de ‘Unfair play’ (Jogo Sujo).

- Advertisment -
WhatsApp Image 2021-08-18 at 5.26.23 PM
Screenshot_3
549874643216798-4
f54459f1-2954-40f7-b3a6-7858147561ae
IMAGEM

Mais lidas