terça-feira, junho 28, 2022
BNR-728X90-RENOVACAO---SOCIAL
BNR-728X90-RENOVACAO---ILUMINACAO
BNR-728X90-RENOVACAO---PAVIMENTACAO
HomeDESTAQUESCom 86 dias sem triunfos, Vitória tem 2º maior jejum entre mandantes...

Com 86 dias sem triunfos, Vitória tem 2º maior jejum entre mandantes da Série A

Vencer no Barradão se tornou um tabu para o Vitória na atual edição do Campeonato Brasileiro. Em 15 partidas disputadas em casa, o Rubro-Negro conseguiu apenas dois triunfos, o último deles no início de agosto, diante da Ponte Preta, pela 18ª rodada. Desde então, passaram-se 86 dias, o que faz do Leão a equipe com o segundo maior jejum entre os mandantes da Série A.

Os quase três meses do Vitória sem vencer dentro dos próprios domínios é superado apenas pelo Sport, que conseguiu um triunfo em casa pela última vez no Brasileiro no dia 20 de julho, o que totaliza 99 dias de jejum. O clube pernambucano até conseguiu bater a Ponte Preta na Ilha do Retiro, em setembro, mas o jogo foi válido pela Copa Sul-Americana.

Jejum como mandante dos times do Brasileirão

Eqiupe Período de jejum Último triunfo em casa Data da partida Rodada
Sport 99 dias Sport 4 x 0 Atlético-GO 20/07/2017 15
Vitória 86 dias Vitória 3 x 1 Ponte Preta 02/08/2017 18
Atlético-GO 76 dias Atlético-GO 1 x 0 Coritiba 12/08/2017 20
Avaí 61 dias Avaí 1 x 0 Chapecoense 27/08/2017 22
Grêmio 26 dias Grêmio 1 x 0 Fluminense 01/10/2017 26
Ponte Preta 25 dias Ponte Preta 1 x 0 Flamengo 02/10/2017 26
Cruzeiro 20 dias Cruzeiro 2 x 1 Ponte Preta 07/10/2017 28
Atlético-MG 16 dias Atlético-MG 1 x 0 São Paulo 11/10/2017 27
Corinthians 16 dias Corinthians 3 x 1 Coritiba 11/10/2017 27
Vasco 13 dias Vasco 1 x 0 Botafogo 14/10/2017 28
Coritiba 9 dias Coritiba 1 x 0 Cruzeiro 18/10/2017 29
Fluminense 9 dias Fluminense 2 x 0 São Paulo 18/10/2017 29
Flamengo 8 dias Flamengo 4 x 1 Bahia 19/10/2017 29
Palmeiras 8 dias Palmeiras 2 x 0 Ponte Preta 19/10/2017 29
São Paulo 5 dias São Paulo 2 x 0 Flamengo 22/10/2017 30
Bahia 5 dias Bahia 2 x 1 Vitória 22/10/2017 30
Chapecoense 5 dias Chapecoense 2 x 0 Fluminense 22/10/2017 30
Atlético-PR 5 dias Atlético-PR 2 x 1 Sport 22/10/2017 30
Santos 5 dias Santos 1 x 0 Atlético-GO 22/10/2017 30
Botafogo 4 dias Botafogo 2 x 1 Corinthians 23/10/2017 30

Desde o último triunfo, em agosto, o Vitória disputou cinco partidas em casa. Foram quatro derrotas e um empate. Para espantar a crise, teve torcedor que apelou para a superstição. Antes do jogo contra o Atlético-PR, um rubro-negro apareceu de madrugada na porta do Barradão para jogar sal grosso e espantar os “maus espíritos” da praça esportiva (confira no vídeo abaixo). A simpatia não fez efeito. No dia seguinte, o Vitória encarou o Atlético-PR e foi derrotado por 3 a 2 em Salvador.

A cada nova frustração, personagens diferentes tentam explicar a má campanha do Vitória em casa. Depois da derrota para o Atlético-PR, Mancini apontou para o aspecto emocional do grupo, o que inclui as vaias da torcida em situações delicadas.

– Acho que o aspecto emocional pesa, porque quando levamos o segundo gol, vi uma equipe desconcentrada. Houve uma queda de rendimento. O Atlético-PR viu isso. Acelerou e fez o terceiro gol. Um lance até duvidoso, uma falta, foi cobrada rápida. O que não pode acontecer é o emocional jogar contra a gente. A torcida jogando junto com a gente, aí eu vacilo. Isso tira a concentração do jogador. Eu acho que o aspecto psicológico vem influenciando muito, principalmente quando joga aqui, porque fora de casa eu não vejo isso. Por que acontece isso? Daqui a pouco, vou ter que mudar as peças. Mas será que isso não é uma atmosfera do estádio? Nessa hora, a gente precisa de todos, do torcedor, da imprensa, que é para salvar não só o Vitória, mas o futebol da Bahia. É importante a gente sentir a confiança, e essa confiança vai embora. Quando o Santos tomou o gol com a gente lá, a torcida cantou, apoiou. Então é isso que a gente espera. Acabou o jogo, vaia – disse.

 No próximo domingo, o Vitória terá a chance de encerrar o jejum, que até lá terá 88 dias. O adversário da vez será o Atlético-GO, lanterna do Campeonato Brasileiro. A partida, marcada para as 17h (horário local), pode dar fim ao tabu do Rubro-Negro baiano. E o zagueiro Kanu dá a dica para o torcedor que comparecer ao Barradão na esperança de uma estória diferente da que tem sido escrita no estádio desde agosto.

– Não desistir, né? Precisamos deles, jogar junto com a gente. Se o torcedor jogar junto, a gente tem tudo para fazer um bom jogo.

- Advertisment -
WhatsApp Image 2021-08-18 at 5.26.23 PM
Screenshot_3
549874643216798-4
f54459f1-2954-40f7-b3a6-7858147561ae
IMAGEM

Mais lidas