Com gol de Diego Rosa, Bahia bate Conquista no Lomanto Júnior

O Bahia contou com um gol de Diego Rosa para vencer o Conquista pelo placar mínimo na tarde deste domingo (03), no estádio Lomanto Júnior. O Esquadrão segue na vice-liderança do estadual, atrás do arquirrival Vitória, que tem 100% de aproveitamento no estadual.
O jogo
A primeira boa oportunidade foi criada pelo Conquista, com um ataque pela direita. Todinho correu livre e tentou surpreender a defesa tricolor cruzando para Dinda, mas Eduardo se esticou e salvou.
A resposta do Esquadrão foi carimbando a trave dos donos da casa. Renato Cajá dominou no meio e mesmo com o pé direito acertou um lindo chute, sem chances para o goleiro do Bode, que contou com a sorte no lance.
O Bahia chegou de novo aos 21, com Gustavo quase surpreendendo o goleiro Rodolfo mas mandando parta fora a tentativa de encobrir o arqueiro.
Melhor em campo, o Esquadrão abriu o placar aos 40, com Diego Rosa aproveitando bom cruzamento de Eduardo, cabeceando sem chances para Rodolfo: Bahia 1 a 0.
Segundo tempo
Vencendo fora de casa, o Bahia voltou para a etapa final buscando controlar o jogo contra o Bode. O tricolor procurou não correr riscos, tentando explorar os espaços. Em uma dessas oportunidades, aos 20 minutos, Mário recebeu na área e tentou de bicicleta, mas a bola passou para fora.
Aos 30 minutos o Bahia ficou com um homem a menos. Renato cajá, que já tinha amarelo, fez falta forte e acabou sendo advertido com o segundo cartão amarelo, sendo expulso de campo.
Ainda deu tempo para Jaílson Macêdo marcar um pênalti esquisito em favor do Conquista, que poderia dar o empate aos donos da casa, mas acabou sendo desperdiçado por Diego Aragão, que cobrou a penalidade para fora.
FICHA TÉCNICA
Conquista 0 x 1 Bahia
Baianão – 7ª rodada
Local: Lomanto Júnior, às 16h
Arbitragem: Jailson Macêdo Freitas, assistido por: Elicarlos Franco de Oliveira e Carlos Eduardo Bregalda Gussen.
Gol: Diego Rosa (Bahia)
Conquista: Rodolfo; Fieta, Emílio, Sílvio e William Santos; Dinda, Diego Aragão, Kleber e Maicon Costa; Wander e Todinho. Técnico: Guilhermino Lima
Bahia: Anderson; Eduardo, Lucas Fonseca, Éder e Juninho Capixaba; Renê Júnior, Matheus Sales e Renato Cajá; Diego Rosa, João Paulo e Gustavo. Técnico: Guto Ferreira