Contente com resultados, Argel decreta: Estamos crescendo no momento certo

A goleada sobre o Jacobina por 4 a 1 na noite deste domingo (26), fora de casa, além de manter a invencibilidade do Vitória no estadual, trouxe mais confiança para o trabalho de Argel Fucks, treinador que vinha caminhando na corda bamba. Após o jogo, o gaúcho comemorou o triunfo e elogiou bastante o meia Jhemerson e o volante Zé Welison.
“Acho que hoje o placar foi elástico. Exibição boa, resultado melhor ainda. Tem que valorizar pelo grupo que tem. O adversário estava invicto em casa. Não perdia aqui desde 2014. E a gente competiu. Controlamos o jogo do começo ao fim, agredimos o adversário. Não colocamos a culpa no refletor, no campo. A torcida fez uma festa bonita. Saio muito satisfeito. Fico contente que o Jhemerson fez o seu primeiro gol como profissional. Ultimamente a gente só tem tomado gol de pênalti. No meu entender não foi pênalti. Mas não ganhamos nada. Estamos crescendo no momento certo”, disse.
“O Zé Welison joga muito mais que eu. E é uma função diferente. Eu era para terminar o jogo. O Ramires também fez uma partida boa. A gente fica contente por ter Ramires, Zé Welison, Farias, Correia. Onze jogadores ganham duas, três partidas. Um grupo ganha campeonato. Os nossos volantes, além de marcar, jogam com a bola. A gente tem visto isso na seleção. Os volantes saem para jogar. E Zé é um jogador que a gente conhece desde o ano passado. Um garoto, cria da casa”, finalizou.
Nesta quarta-feira (29), o Vitória já tem compromisso pelas quartas de finais da Copa do Nordeste. O Leão vai até Teresina, no Piauí, para enfrentar o River-PI, pela partida de ida.