domingo, julho 3, 2022
BNR-728X90-RENOVACAO---SOCIAL
BNR-728X90-RENOVACAO---ILUMINACAO
BNR-728X90-RENOVACAO---PAVIMENTACAO
HomeBrasileirão - Serie ADenúncias e investigações tiram patrocinador da CBF

Denúncias e investigações tiram patrocinador da CBF

O campeonato nacional trazia a marca da Chevrolet há três edições, desde a edição de 2014, mas a CBF não conseguiu um novo patrocinador

A CBF perde o 6º patrocinador e a Série A do Campeonato Brasileiro de 2017, que começou no último final de semana, por enquanto, fica sem nome. A Chevrolet não renovou com a CBF o contrato de naming rights para o Brasileiro, além de ter deixado de ser uma das patrocinadoras da Confederação Brasileira de Futebol. Desde o início do escândalo de corrupção que abalou o mundo do futebol, a CBF já havia perdido a parceiria com grande empresas como a Gillette, Sadia, Michelin, Unimed e Samsung. A confederação, porém, afirma que o fim da parceria tem motivos estritamente financeiros.

O campeonato nacional trazia a marca da Chevrolet há três edições, desde a edição de 2014, mas a CBF não conseguiu um novo patrocinador para o naming rights da competição. O contrato dava direito à fabricante de automóveis a divulgação de sua marca e logotipo na placas centrais de todas as arenas que receberam jogos do Brasileiro, nos backdrops das entrevistas dos jogadores, em faixas e balões espalhados pelo campo e nos ingressos da partidas.

Além disso, houve também iniciativas variadas de marketing, como a exposição de um gigantesco tapete com um slogan da marca, a exposição de um modelo de veículo Chevrolet e ações de entretenimento. Antes da Chevrolet, quem nomeou o Brasileiro durante duas temporadas foi a Petrobras. O acerto da CBF com a Chevrolet havia sido fechado logo após Marco Polo Del Nero assumir a entidade

- Advertisment -
WhatsApp Image 2021-08-18 at 5.26.23 PM
Screenshot_3
549874643216798-4
f54459f1-2954-40f7-b3a6-7858147561ae
IMAGEM

Mais lidas