Diretoria do Vitória coloca jogadores e funcionários de férias em abril

0

Os jogadores do Vitória vão entrar em férias coletivas a partir de 1º de abril. Inicialmente, serão 20 dias, que poderão ser estendidos por mais dez, a depender do panorama apresentado pelo país diante da pandemia do coronavírus. A decisão vale também para os demais funcionários do clube, que seguirão o mesmo calendário de férias dos atletas.

A decisão tomada pela diretoria teve apoio na Medida Provisória (MP) nº 927, publicada pelo governo no começo da semana. Com isso, os jogadores são obrigados a aceitar as férias antecipadas. O artigo 9º da MP permite ainda que a remuneração referente a esse período seja efetuada até o quinto dia útil do mês subsequente ao início das férias.

Ou seja, o Vitória ganha tempo para realizar o pagamento dos salários dos jogadores, o que deve acontecer somente em maio. Ao final do ano, em dezembro, a ideia da diretoria é liberar atletas e funcionários apenas para o recesso entre natal e réveillon.

A alternativa para conter gastos foi comentada pelo diretor jurídico do clube, Dilson Pereira Júnior. “Por ora, a solução viável é a concessão de férias. Não tem nada ajustado fora dessa situação, então, o Vitória resolveu conceder férias de 1º a 20 de abril, podendo ser prorrogadas a depender do andamento das medidas adotadas pelos órgãos de saúde com relação ao coronavírus”, disse, em entrevista ao site Bahia Notícias.

Atualmente, os jogadores rubro-negros estão liberados dos treinos na Toca do Leão, decisão tomada no começo da semana passada. Mas seguem uma cartilha de recomendações passada pelo clube, o que inclui isolamento social e treinos físicos.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here