O que já era esperado antes mesmo do começo da temporada se concretizou na noite desta sexta-feira: o Los Angeles Lakers está mais uma vez fora dos playoffs. A eliminação matemática veio com a derrota para o Milwaukee Bucks em casa por 107 a 103, em jogo marcado por briga e três expulsões.

A confusão aconteceu no final do terceiro período, quando os Lakers puxaram um contra-ataque e Nick Young não gostou nada de uma falta recebida. Ele foi tirar satisfações e começou um grande empurra-empurra, que acabou com a expulsão dele – que vinha sendo um dos melhores do time no jogo -, do companheiro D’Angelo Russell e do rival Greg Monroe.

O resultado deixou o Lakers com 49 derrotas em 69 partidas, já sem chances matemáticas de alcançar um lugar nos playoffs. Assim, os últimos 13 jogos da temporada não servirão de nada para uma das equipes mais tradicionais da NBA.

É a quarta vez consecutiva que os Lakers ficarão fora da pós-temporada. Antes, nunca havia ficado mais de dois campeonatos seguidos sem se classificar.

Vale ressaltar ainda que os Lakers são os segundos a serem eliminados oficialmente na temporada. Antes, o Brooklyn Nets, pior campanha da NBA, já havia sido desclassificado matematicamente.

Já o Milwaukee Bucks, que nada tem a ver com isso, segue firme na briga por uma vaga no Leste. O time é o atual sétimo colocado na conferência e estaria classificado se a competição acabasse hoje.

Outro que está muito bem na disputa do Leste é o Miami Heat. Virtualemente eliminado no começo da temporada, o time finalmente conseguiu consagrar sua recuperação e entrou na zona de classificação nesta sexta com uma vitória por 123 a 105 sobre o Minnesota Timberwoves.

A equipe da Flórida deixou para trás o Detroit Pistons, que perdeu em casa para o Toronto Raptors por 87 a 75.