Semana decisiva, todo cuidado é pouco. Por isso, Argel Fucks decidiu, nesta terça-feira (14), deixar os titulares entregues ao preparador físico Reverson Pimentel, que, inicialmente, os levou à academia de musculação para uma sessão de exercícios, e finalizou o trabalho com trote em torno do gramado do Barradão.

A intenção foi não exigir de um grupo com oito jogadores que vêm de uma sequência maior de partidas, para que eles pudessem estar “inteiros” no duelo de quinta-feira (16) contra o Vasco, às 19h30, no Barradão.

O clássico nacional vai definir o time que avançará à quarta fase da Copa do Brasil. Ao Vitória, basta um empate sem gol, já que no jogo de ida, no Rio, o rubro-negro empatou por 1 a 1, e, pelo regulamento da competição, o gol marcado fora de casa tem o dobro de peso em caso de igualdade por pontos ganhos.

Quem pegou pesado no treinamento foi o atacante Paulinho, recuperado do trauma no tornozelo. Treinou forte – finalização e posse de bola – e está ok para o jogo de volta. O zagueiro Fred também acompanhou Paulinho no treinamento e deu sinais claros de recuperação do trauma que sofreu no joelho.

O apronto para o jogão será nesta quarta (15) e em horário nada habitual: 18 horas. O técnico Argel assim preferiu para ter mais privacidade e acertar a parte tática do rubro-negro. Depois, Argel divulga a lista dos convocados para o repouso na chácara Vidigal Guimarães.

Afora Dátolo e Pisculichi, o primeiro, em tratamento na coxa esquerda, e o segundo, em reabilitação após se curar de uma contusão muscular, todos os jogadores participaram das atividades desta terça.

Expulso no jogo de ida, o lateral-esquerdo Euller será substituído por Geferson.

IMPRENSA

O acesso da Imprensa ao treinamento será permitido para assistir ao aquecimento e para a entrevista com Gabriel Xavier antes das atividades.