domingo, agosto 7, 2022
BNR-728X90-RENOVACAO---SOCIAL
BNR-728X90-RENOVACAO---ILUMINACAO
BNR-728X90-RENOVACAO---PAVIMENTACAO
HomeBrasileirão - Serie AFaro de gol: conheça Dany Helena, a artilheira do Flamengo em 2018

Faro de gol: conheça Dany Helena, a artilheira do Flamengo em 2018

A torcida do Flamengo não anda muito satisfeita com o desempenho dos atacantes do time em 2018. O clube gastou muitos milhões, mas nenhum dos reforços emplacou até agora. Henrique Dourado, Uribe, Lincoln e Vitinho, os principais encarregados de fazer os gols do Rubro-Negro, balançaram as redes, juntos, apenas 16 vezes em 2018. Enquanto isso, tem artilheira dando show entre as mulheres.

A atacante Dany Helena é o grande destaque da equipe feminina do Flamengo na temporada. Fez 15 gols no Campeonato Brasileiro, onde o clube caiu para o Corinthians na semifinal – é artilheira do torneio -, e mais cinco nos Jogos Mundiais Militares. Vale lembrar que o Fla tem parceria com a Marinha, por isso o time representou o Brasil neste torneio. Ou seja, Dany tem 20 gols em 2018, mais do que todos os atacantes do masculino somados. E ainda tem o Campeonato Carioca pela frente.

Dany Helena é a artilheira do Flamengo no ano, com 20 gols em 20 jogos — Foto: André Viero

Dany Helena é a artilheira do Flamengo no ano, com 20 gols em 20 jogos — Foto: André Viero

– Fico feliz por estar fazendo os gols, mas gostaria também que meus companheiros de equipe estivessem numa fase melhor, marcando mais, conseguindo ajudar mais o Flamengo. É fase. Às vezes não está acontecendo tão bem para um, mas está acontecendo para outros. Espero me destacar aqui e espero que eles se destaquem lá – disse,

Artilheiros do Flamengo em 2018

Gols Jogos Média de gol por jogo
Dany Helena 20 20 1
Henrique Dourado 10 37 0,27
Uribe 3 15 0,2
Lincoln 2 22 0,09
Vitinho 1 19 0,05

– É o sonho de toda atleta chegar à seleção. Não estava esperando, fui pega de surpresa, até me assustei na hora em que fiquei sabendo. Mas fiquei muito feliz. Espero conseguir chegar lá, fazer meu melhor e ajudar.

O futebol está no sangue de Dany Helena. Natural de Brasília, quando pequena ela acompanhava os jogos da mãe. Começou no futsal e depois foi para o futebol de campo. Mas só passou a viver disso depois de se formar em educação física. Passou pelo Kindermann-SC e pelo Iranduba-AM antes de chegar ao Flamengo.

Dany se prepara para entrevista — Foto: André Viero

Dany se prepara para entrevista — Foto: André Viero

A parceria do Flamengo com a Marinha vem desde 2015. Todas as 36 jogadoras do elenco têm a patente de terceiro sargento e recebem salário da própria Marinha. Uma realidade um pouco mais segura, dentro da desvalorização que o futebol feminino enfrenta no Brasil.

– É diferente, né? Aqui a gente é atleta e é militar. Mas é bom, a disciplina e a hierarquia da Marinha ajudam, fazem com que a gente tenha esse espírito militar e leve para dentro de campo. Treinamos e nos dedicamos muito.

- Advertisment -
WhatsApp Image 2021-08-18 at 5.26.23 PM
Screenshot_3
549874643216798-4
f54459f1-2954-40f7-b3a6-7858147561ae
IMAGEM

Mais lidas