terça-feira, maio 17, 2022
BNR-728X90-RENOVACAO---SOCIAL
BNR-728X90-RENOVACAO---ILUMINACAO
BNR-728X90-RENOVACAO---PAVIMENTACAO
HomeSem categoriaFeirense completa Corrida Sagrada em menos de 20 minutos

Feirense completa Corrida Sagrada em menos de 20 minutos

A Participantes da Corrida Sagrada invadiram as ruas da Cidade Baixa em velocidade, após ser dada a largada para os 6,8 km da competição, às 7h10 desta quinta-feira, 11.

Em menos de 20 minutos, o feirense Givaldo Araújo Sena completou o percurso entre a Igreja da Conceição e o alto da Colina Sagrada. Com esse tempo, Sena acabou quebrando o recorde da corrida.

Ele cravou exatos 19min23, superando os 19min41 que até então eram o melhor tempo da tradional corrida que já tem mais de 30 anos sendo realizada, segundo afirmou a Federação Baiana de Atletismo (FBA), promotora do evento.

Givaldo Sena quebrou o recorde da corrida, com o tempo de 19min23 (Foto: Alberto Rezak | Divulgação)

Além de Sena, o segundo colocado, Hélio Cássio (19min30), e o terceiro, Antônio Borges (19min39), também concluíram a corrida com tempos abaixo do recorde anterior.

O número de corredores também extrapolou as expectativas dos organizadores. “As inscrições foram para o limite de mil atletas, mas acreditamos que tinha uns dois mil corrrendo sem inscrição”, afirmou Rita Fontes, secretária da FBA.

Apelidados de ‘corredor pipoca’, ou ‘avulso’, eles aumentaram em mais que o dobro o número de participantes dando trabalho aos fiscais da prova para identificar quem tinha direito à hidratação e a passar pelo funil de chegada.

Como prevê o regulamento, apenas os atletas que exibiram número de identificação foram contados entre os inscritos, sendo os demais, cerca de 2 mil, eliminados da competição.

Feminino

Sem fazer muito esforço, a corredora Marily dos Santos venceu a corrida pela 15ª vez consecutiva mantendo a fama de maior vencedora da competição até agora.

A alagoana radicada na Bahia anotou o tempo de 23min25 ao cruzar o funil de chegada instalado no alto da colina, seguida pela segunda colocada Ediane Pires, que completou em 24min22.

“A prova masculina foi apertadíssima porque este ano nublou, estava fresquinho, e não teve sol forte como nos outros anos. Isso ajudou também a ter quebra de recorde da corrida”, disse o técnico de Marily, Gilmário Mendes.

A corrida teve mesmo maior indefinição entre os homens. Até o quilômetro 5 da prova, os cinco primeiros colocados corriam lado a lado.

Na subida da ladeira do Bonfim Givaldo, Sena mostrou que tinha mais fôlego e abriu na frente. Em seguida, Hélio Cássio acabou assumindo o segundo lugar em definitivo.

A Corrida Sagrada que, segundo a FBA, tem como objetivo incentivar a prática de atividades físicas como meio de saúde e socialização, abre o calendário de corridas de rua da cidade de Salvador

- Advertisment -
WhatsApp Image 2021-08-18 at 5.26.23 PM
Screenshot_3
549874643216798-4
f54459f1-2954-40f7-b3a6-7858147561ae
IMAGEM

Mais lidas