Grêmio faz oferta para a Universidad de Chile para contratar Gastón Fernández

Depois de contratar o atacante Lucas Barrios por um ano, o Grêmio continua buscando reforçar o seu ataque e um dos seus alvos é o meia-atacante Gastón Fernández. O clube gaúcho teria oferecido 570 mil dólares (R$ 1,8 milhões) para tirar o atleta da Universidad de Chile.

Segundo o jornal chileno La Tercera, o jogador de 33 anos viajou para La Plata, Argentina. “Ele viajou com permissão (do clube) por motivos pessoais”, declarou a equipe.

O presidente gremista, Romildo Bolzan, já confirmou o interesse, mas negou que o negócio esteja fechado. Já o agente Sergio Bassi, que representa Fernández há dez anos, revelou ao jornal chileno que o contrato seria de três temporadas e o salário do jogador seria de cerca de 80 mil dólares (R$ 250 mil).

“Estamos esperando uma resposta, mas, claramente, é uma grande oportunidade para a La U. A equipe o adquiriu há dois anos e os encargos salariais são muito pesados para eles. Com o dinheiro oferecido pelo Grêmio, eles recuperariam três quartos do que investiram”, afirmou Bassi.

Na temporada 2016/17, Gáston Fernández, que não vem em boa fase e brigou com a diretoria da Universidad de Chile, disputou 11 partidas, marcou dois gols e deu uma assistência. Em sua longa carreira como profissional, ele já defendeu times como Estudiantes, San Lorenzo e Tigres.