sexta-feira, maio 20, 2022
BNR-728X90-RENOVACAO---SOCIAL
BNR-728X90-RENOVACAO---ILUMINACAO
BNR-728X90-RENOVACAO---PAVIMENTACAO
HomeBahiaGrolli avalia empates em série invicta e elogia mudanças feitas por Enderson

Grolli avalia empates em série invicta e elogia mudanças feitas por Enderson

O Bahia está a oito jogos sem perder no Campeonato Brasileiro, mas segue com uma pontuação próxima das equipes que brigam contra o rebaixamento. A explicação para o Tricolor seguir com o Z-4 no retrovisor, apesar da série positiva, é simples: a quantidade e empates.

Nos oito jogos de invencibilidade, foram três triunfos e cinco empates, aproveitamento de aproximadamente 58%. Em termos de pontuação, a sequência não é perfeita, mas proporciona um ganho de confiança ao elenco tricolor. E não apenas pela ausência de tropeços. Titular na partida contra o Cruzeiro, no último domingo, o zagueiro Douglas Grolli avalia que o nível de atuação da equipe baiana reforça a moral do grupo, que na quarta-feira, às 19h15 (de Brasília), tem pela frente o Internacional, vice-líder do Campeonato Brasileiro.

– É relativo. A gente pensa de ponto em ponto, parece que as coisas não andam muito. Estamos muito tempo sem perder, mas não conseguimos nos distanciar dessa zona incômoda. Mas nos dá confiança. Às vezes, esse ponto que a gente buscou fora contra grandes equipes nos dá uma margem lá na frente. Que esse ponto possa ser importante para coisas maiores. Em um campeonato difícil como o Brasileiro, cada ponto é importante, ainda mais contra um adversário difícil, que luta por coisas grandes e fora de casa – comentou o jogador ao avaliar o empate no Mineirão com o Cruzeiro.

Da série de oito jogos sem derrotas na Série A, o Bahia esteve sob o comando de Enderson Moreira em seis. Douglas Grolli considera que o treinador foi o ponto de virada para o time na temporada. As atuações como visitante servem para que o defensor justifique a opinião. O Tricolor segue sem vencer fora de casa, mas subiu de produção e tem feito boas apresentações em campos rivais.

– Sem dúvida. Equipe que almeja coisas grandes tem que fazer pontos fora. É determinante ter boa campanha dentro e fora de casa para credenciar a brigar por coisas grandes. O que nos motiva é que temos feito bons jogos. No começo estávamos fazendo jogos apáticos fora. Isso gerava preocupação. Mas, desde a chegada de Enderson, a gente conseguiu se impor fora de casa, fazendo grandes jogos. Ontem se a gente caprichasse um pouco mais poderíamos sair com uma vitória contra um adversário difícil. Estamos no caminho certo, trabalhamos bastante. Não etmos tanto tempo, é mais na base da conversa, mas mesmo assim estamos evoluindo. Isso nos deixa feliz e motivados para buscar coisas grandes.

Além do desempenho fora de casa, Grolli conta que Enderson promoveu outras mudanças dentro do time baiano. A proximidade entre os setores é uma delas. O zagueiro também lembra que reforços desembarcaram no Fazendão e elevaram o leque à disposição do treinador no período pós-Copa do Mundo.

– Acho que muito se passa por confiança. Ele nos passou confiança muito grande, isso nos deixou mais solto. Taticamente fez algumas mudanças. Tem um estilo um pouco mais diferente do Guto. Acabou que esse estilo encaixou melhor com nossas peças, tivemos um aumento de rendimento. Ele é inteligente, sabe extrair o melhor de cada um. Aos pouquinhos estamos mostrando isso. Também precisávamos de reforços, o pessoal trouxe jogadores importantes, deu mais opções. Tivemos um momento com poucas opções ofensivas, muitas lesões. Agora, com mais opções, o grupo está homogêneo e estamos conseguindo bons resultados. (…) O Enderson cobra muito de linhas próximas, aproximação, atacar marcando. Ele está sempre perto. Quando os jogadores estão próximos, conseguimos minimizar o erro e corrigir um eventual deslize de um companheiro. Jogar mais próximo tem nos ajudado a manter o equilíbrio do jogo.

- Advertisment -
WhatsApp Image 2021-08-18 at 5.26.23 PM
Screenshot_3
549874643216798-4
f54459f1-2954-40f7-b3a6-7858147561ae
IMAGEM

Mais lidas