segunda-feira, maio 16, 2022
BNR-728X90-RENOVACAO---SOCIAL
BNR-728X90-RENOVACAO---ILUMINACAO
BNR-728X90-RENOVACAO---PAVIMENTACAO
HomeBrasileirão - Serie AGuerra brilha, Palmeiras vence Ponte Preta fora de casa e sobe para...

Guerra brilha, Palmeiras vence Ponte Preta fora de casa e sobe para 4º

No reencontro com o estádio Moisés Lucarelli, o Palmeiras contou com atuação decisiva de Guerra, autor de dois gols, para vencer a Ponte Preta por 2 a 1, neste domingo. A partida foi válida pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Com o resultado, o time comandado por Cuca emendou o terceiro triunfo seguido na competição, chegou aos 16 pontos ganhos e assumiu a quarta colocação.

Já o clube alvinegro perdeu o 100% de aproveitamento em casa na competição, estacionou nos 14 pontos e caiu para a décima posição.

A equipe alviverde havia sido eliminada pela Ponte Preta na semifinal do Campeonato Paulista deste ano, quando foi derrotada por 3 a 0 em Campinas e venceu por 1 a 0 no Allianz Parque.

O empate veio apenas dois minutos depois. Cajá avançou pelo meio e acionou Lucca na entrada da área. O atacante bateu colocado no canto esquerdo, sem chances para Fernando Prass, que não conseguiu fazer a defesa.

Antes do intervalo, o time alviverde marcou o segundo gol, novamente com Guerra. Aos 46, Gabriel Furtado passou a bola para Erik, que tocou de calcanhar para o meia venezuelano, que invadiu a área e tocou na saída de Aranha.

Na segunda etapa, a Ponte Preta quase chegou ao empate. Aos 17, Sheik avançou pela esquerda, deu passe na medida para Léo Arthur na área pela direita. O jogador ficou na cara de Prass e bateu para fora.

O zagueiro Rodrigo, da Ponte Preta, foi expulso. Ele recebeu o segundo cartão amarelo, após relaclamar com o árbitro.

Em busca do empate diante de seus torcedores, a Ponte Preta se lançou ao ataque, mas não conseguiu criar boas chances para ameaçar o gol defendido por Fernando Prass. O técnico Cuca, vendo o time acuado, resolveu tirar Erik para promover a entrada de Dudu.

Em sua última alteração, Cuca tirou o desgastado Guerra e colocou Borja. Na tentativa de ganhar tempo, os palmeirenses valorizaram cada bola parada. Nos acréscimos, após uma discussão, Renato Cajá e Tchê Tchê também receberam o vermelho do árbitro Wagner Reway. O placar, no entanto, permaneceu inalterado.

  • Agenda

A Ponte Preta voltará a campo pela Copa Sul-Americana contra o Sol de América-PAR no estádio Moisés Lucarelli, na quinta-feira (29/06), às 19h (de Brasília). No domingo (02/07), às 19h, a equipe de Campinas visitará o Avaí no estádio da Ressacada, em Florianópolis, pelo Campeonato Brasileiro.

O Palmeiras receberá o Cruzeiro no Allianz Parque pelas quartas de final da Copa do Brasil na quarta-feira (28/06), às 21h45. Pela Série A do Nacional, o time alviverde enfrenta o Grêmio no estádio do Pacaembu, no sábado (01/07), às 16h.

FICHA TÉCNICA:
PONTE PRETA 1 x 2 PALMEIRAS

Local: Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)
Data: 25 de junho de 2017, domingo
Horário: 16 horas (Brasília)
Árbitro: Wagner Reway (Fifa-MT)
Assistentes: Fabio Rodrigo Rubinho (MT) e Marcelo Grando (MT)
Cartões amarelos: Fernando Bob, Rodrigo, Sheik, Lucca, Renato Cajá e Wendel (PON); Gabriel e Guerra (PAL)
Cartões vermelhos: Rodrigo e Renato Cajá (PON); Tchê Tchê
Gols:
PONTE PRETA: Lucca, aos 40 minutos do 1º Tempo
PALMEIRAS: Guerra, aos 38 e aos 45 minutos do 1º Tempo

PONTE PRETA: Aranha; Nino Paraíba, Marllon, Rodrigo e João Lucas; Fernando Bob e Elton (Felipe Saraiva); Renato Cajá, Claudinho (Léo Artur) e Lucca; Emerson. Técnico:Gilson Kleina

PALMEIRAS: Fernando Prass; Mayke, Mina, Luan e Juninho; Gabriel (Fabiano) e Tchê Tchê; Róger Guedes, Guerra (Borja) e Erik (Dudu); Willian. Técnico: Cuca

Gilson Kleina conseguiu repetir a mesma escalação que derrotou o Cruzeiro por 1 a 0 na rodada anterior. Já o técnico Cuca não contou com Keno, com dores musculares, e o volante Bruno Henrique. Além disso, Jean, Edu Dracena e Zé Roberto foram poupados.

  • O jogo

O primeiro tempo começou sem grandes emoções até os dez minutos finais. A Ponte tinha mais posse de bola, mas não conseguia levar grande perigo ao gol palmeirense.

Aos 38 minutos, Tchê Tchê deu ótimo lançamento para Guerra nas costas da zaga. O meia invadiu a área e bateu por baixo na saída de Aranha para estufar a rede.

- Advertisment -
WhatsApp Image 2021-08-18 at 5.26.23 PM
Screenshot_3
549874643216798-4
f54459f1-2954-40f7-b3a6-7858147561ae
IMAGEM

Mais lidas