O Real Madrid entrou em campo nesta quarta-feira para disputar partida atrasada do Espanhol, válida pela 16ª rodada, com a esperança de disparar na ponta da tabela e abrir distância segura para Barcelona e Sevilla. Mas faltou combinar com o Valencia…

Com uma atuação espetacular nos primeiros minutos de jogo, o time de Mestalla fez dois gols em oito minutos e bateu os merengues por 2 a 1, no duelo que só foi disputado agora por conta da participação do Real no último Mundial de Clubes da Fifa, no qual foi campeão.

O italiano Zaza, ex-Juventus e vindo de terrível passagem pelo West Ham-ING, mostrou que está a fim de recuperar seu futebol e abriu o placar com um golaço.

Logo aos 4 minutos, ele aproveitou jogada de Munir, fez o pivô na área e, de maneira incrível, deu um lindo chute giratório de esquerda para mandar no ângulo de Navas.

Quando a equipe de Madri ainda tentava se recuperar do baque, veio o segundo dos “Morcegos”: contra-ataque de cartilha, passe de Nani e boa conclusão do chileno Orellana, recém-contratado do Celta de Vigo, por baixo do arqueiro dos blancos.

Ainda na primeira etapa, Cristiano Ronaldo recebeu ótimo cruzamento de Marcelo e deu uma cabeçada potente, no cantinho de Diego Alves, para diminuir para os visitantes.

Foi o 15º gol de CR7 em La Liga, aproximando-se de Messi (19) e Luis Suárez (18).

No segundo tempo, coube ao goleiro brasileiro garantir a vitória valencianista. Com excelentes intervenções em uma bomba de Marcelo e uma cabeçada de Benzema, o ex-Atlético-MG e Botafogo-SP mostrou que segue em grande fase e assegurou os três pontos para seu clube.

Com o resultado, o Real Madrid estaciona em 52 pontos e segue na liderança, mas perde ótima chance de abrir quatro de vantagem para o Barcelona. Apesar disso, os comandados de Zinedine Zidane ainda tem um jogo a menos que os catalães, marcado contra o Celta de Vigo.

Já o Valencia, que começou a temporada de maneira horrível e chegou a rondar a zona do rebaixamento, segue se recuperando e vai a 26 pontos, mas ainda está em um modesto 14º lugar. Ao menos, longe da degola.

Os blancos voltam a campo no domingo, às 16h45 (horário de Brasília), contra o Villarreal, fora de casa. Um dia antes, às 9h, os “Morcegos” visitam o surpreendente Alavés.