domingo, agosto 7, 2022
BNR-728X90-RENOVACAO---SOCIAL
BNR-728X90-RENOVACAO---ILUMINACAO
BNR-728X90-RENOVACAO---PAVIMENTACAO
HomeBahiaJacaré marca golaço e Bahia vence clássico contra o Sport na Fonte...

Jacaré marca golaço e Bahia vence clássico contra o Sport na Fonte Nova

No clássico nordestino, o Bahia levou a melhor sobre o Sport. Na noite desta quarta-feira (8), o Esquadrão fez valer a força da Fonte Nova, bateu o Leão por 1×0 e manteve o 100% de aproveitamento como mandante na Série B. 

Em um jogo de muitas disputas e pouca criatividade, o gol do triunfo tricolor saiu apenas no segundo tempo. Vitor Jacaré acertou um belo chute e venceu o goleiro Mailson. 

O resultado deixa o Bahia na segunda colocação do Brasileirão, com 22 pontos. O Sport estaciona nos 18 pontos e está na quarta posição.

Pela primeira vez, Guto Ferreira escalou o ataque tricolor com Rodallega, Rildo e Davó. Sem Rezende, machucado, Mugni entrou no meio-campo. Na defesa, Didi herdou a vaga do suspenso Ignácio. 

O Bahia iniciou a partida apostando na velocidade dos atacantes de lado. Com linhas altas, o tricolor pressionava a saída de bola e não dava espaço à defesa do Sport. Quando não tinha a bola, o Esquadrão fechava bem o meio-campo e impedia as chegadas do adversário. 

Diante de defesas fechadas, a solução encontrada pelas equipes foi a de arriscar de fora da área. Pelo Sport, Luciano Juba mandou uma bomba e Danilo Fernandes defendeu. A resposta do Esquadrão veio, com Rildo, mas a bola passou por cima do gol. 

No primeiro lance em que a defesa do Bahia foi envolvida, o Sport teve a chance do jogo na primeira etapa. Aos 17 minutos, Giovanni recebeu cruzamento dentro da área. O meia deixou Luiz Otávio na saudade, mas na marca do pênalti ele mandou para fora e perdeu um gol incrível. 

Com o passar do tempo o duelo ficou mais cadenciado, com os dois times tentando trabalhar as jogadas pelo meio-campo. Do lado tricolor, as iniciativas eram tomadas principalmente por Daniel e Lucas Mugni. 

A partida só voltou a ganhar emoção aos 43 minutos. Kayke aproveitou o cruzamento de Sander e de cabeça mandou para o fundo das redes. Mas a arbitragem flagrou falta do atacante no lateral Djalma e o tento do Sport foi anulado. 

JACARÉ SALVA
O Bahia voltou do intervalo com o mesmo time e nos primeiros minutos o panorama da partida foi bem parecido com o do primeiro tempo: equipes pouco criativas e baixo rendimento ofensivo. Enquanto o tricolor tentava tomar a iniciativa, o Sport se posicionou para puxar o contra-ataque. 

O Leão pernambucano voltou a ficar perto de abrir o placar em duas oportunidades. Aos 10 minutos, Luciano Juba  tentou de cabeça e a bola passou perto do gol de Danilo Fernandes. Três minutos depois, Kayke não aproveitou  a casquinha no escanteio e também mandou para fora.

Encaixotado na marcação, o Bahia não conseguia construir as jogadas e apostava em lançamentos para chegar ao ataque. A situação só mudou aos 32 minutos. Vitor Jacaré recebeu na entrada da área, driblou o volante Bruno Matias e mandou uma bomba sem chances para o goleiro Mailson, colocando o Bahia em vantagem. 

O gol fez a torcida tricolor cantar mais alto na Fonte Nova. Nos minutos finais o Sport tentou se lançar ao ataque em busca do empate, mas prevaleceu a força do Esquadrão, que venceu mais uma partida em casa na Série B.

FICHA TÉCNICA

Bahia 1×0 Sport – Série B do Campeonato Brasileiro (11ª rodada) 

Bahia: Danilo Fernandes, Douglas Borel, Luiz Otávio, Didi (Gabriel Xavier) e Djalma (Luiz Henrique); Patrick, Mugni (Emerson Santos) e Daniel; Rildo (Raí), Rodallega e Matheus Davó (Jacaré). Técnico: Guto Ferreira. 

Sport: Mailson, Ewerthon, Rafael Thyere, Sabino e Sander; Fabinho (Pedro Naresi), Bruno Matias (Ronaldo Henrique), Thiago Lopes (Bill), Giovanni (Parraguez) e Luciano Juba; Kayke (Ray Vanegas). Técnico: Gilmar Dal Pozzo.

Local: Fonte Nova
Gols: Vitor Jacaré, aos 32 minutos do 2º tempo
Cartão amarelo: Rodallega, Emerson Santos, Daniel e Patrick (Bahia); Prdro Naresi (Sport)
Cartão vermelho: Carlos Eduardo (Sport)
Público: 27.160 pagantes
Renda: R$ 639.672,50
Arbitragem: Bráulio da Silva Machado, auxiliado por Alex dos Santos e Thiaggo Americano Labes (trio de Santa Catarina).
VAR: Vinicius Furlan (São Paulo).

- Advertisment -
WhatsApp Image 2021-08-18 at 5.26.23 PM
Screenshot_3
549874643216798-4
f54459f1-2954-40f7-b3a6-7858147561ae
IMAGEM

Mais lidas