domingo, julho 3, 2022
BNR-728X90-RENOVACAO---SOCIAL
BNR-728X90-RENOVACAO---ILUMINACAO
BNR-728X90-RENOVACAO---PAVIMENTACAO
HomeBrasileirão - Serie AJô marca no final, Corinthians bate Chapecoense e agora tem 10 pontos...

Jô marca no final, Corinthians bate Chapecoense e agora tem 10 pontos de vantagem na liderança

Com um gol de Jô aos 44 minutos do segundo tempo, o Corinthians conseguiu derrotar a Chapecoense por 1 a 0, na Arena Condá, em Chapecó, na noite desta quarta-feira, em jogo recuperado pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com isso, o time de Fábio Carille abriu dez pontos de vantagem na liderança.

O time paulista tem 50 pontos, contra 40 do Grêmio, vice-líder. Ambos os times têm 21 jogos no Brasileiro e faltam 17 rodadas para o final. O feito fez alguns torcedores alvinegros gritarem “É campeão” ao final do jogo na Arena Condá.

O triunfo também fez o Corinthians chegar à quarta vitória na casa da Chapecoense em quatro jogos.

Para os mandantes, o resultado foi péssimo. O time tem 25 pontos e está na 15ª colocação. O São Paulo é o primeiro na zona de rebaixamento, com 23.

O tento fez Jô empatar com Henrique Dourado, do Fluminense, na artilharia da competição. Ambos tem 12 gols.

Em relação ao duelo contra o Vitória, o Corinthians teve três mudanças. Léo Santos substituiu o zagueiro Balbuena, Moisés substituiu o lateral esquerdo Guilherme Arana e Marquinhos Gabriel foi escalado no lugar de Clayson no meio de campo. As duas primeiras escolhas foram por motivo de contusão.

A novidade na Chapecoense em relação ao confronto com o Palmeiras foi a entrada de Lucas Marques no lugar do volante Moisés Ribeiro, suspenso por cartão amarelo. E Wellington Paulista ficou com a vaga de Arthur Caíke no ataque, outro que cumpriu suspensão.

GAZETAPRESS

Jô (camisa 7) comemora gol do Corinthians contra a Chape, em Chapecó
Jô (camisa 7) comemora gol do Corinthians contra a Chape, em Chapecó
  • Suspensos

Artilheiro do Corinthians no Campeonato Brasileiro, o atacante Jô não enfrentará o Atlético-GO no próximo sábado. Ele cumprirá suspensão automática por cartão amarelo. Acabou punido com amarelo ao reclamar do gol de Rodriguinho anulado (leia mais abaixo).

Além dele, Romero também cumprirá suspensão por cartão. Ele recebeu o amarelo aos 42 do segundo tempo.

  • Chape melhor

O primeiro tempo não foi um primor técnico. Muitos erros de passe, poucas finalizações e jogo feio mesmo. Ainda assim os donos da casa tiveram duas chances claras de gol contra apenas uma do time corintiano – que até resultou em gol, mas foi anulado.

Aos 5, a Chapecoense assustou o Corinthians. Penilla cruzou da esquerda na cabeça de Wellington Paulista. Ele cabeçou e Cássio agarrou a bola, que até ameaçou escorrer e entrar no gol. Um pequeno susto para os corintianos.

O segundo lance de perigo dos donos da casa foi aos 37 da etapa inicial. Wellington Paulista cruzou pelo lado direito na cabeça de Túlio de Melo. Ele conseguiu antecipar o zagueiro Léo Santos e cabecear para o gol, mas a bola passou à direita de Cássio.

GAZETAPRESS

Wellington Paulista e Moisés disputam a bola, na Arena Condá, em Chapecó
Wellington Paulista e Moisés disputam a bola, na Arena Condá, em Chapecó
  • Gol anulado

Aos 30 minutos do primeiro tempo, o Corinthians abriu o placar, mas o tento foi (bem) anulado pela arbitragem. No lance, Jô chegou à linha de fundo e cruzou na medida para Rodriguinho. O meia dominou a bola, passou pelo lateral Reinaldo e finalizou para o gol. Mas o jogador chegou a usar a mão para dominar a bola.

“O lance ali é muito rápido, não deu para perceber ou sentir se isso aconteceu [a bola bater na mão]”, disse Rodriguinho, no intervalo, ao Premiere.

  • Corinthians melhor

O segundo tempo foi melhor para se assistir. E o time corintiano também melhorou.

Aos 5 minutos, o lateral Fágner cruzou rasteiro para a área. Rodriguinho finalizou de primeira, mas mandou a bola para fora.

Dez minutos depois, Fágner cruzou com veneno na área e o goleiro Jandrei teve de deixar o gol para defender e evitar o tento rival.

Aos 29, Jandrei saiu nos pés de Clayson para evitar a finalização dele, dentro da área. O meia recebeu a bola sem marcação, ainda teve tempo de desviá-la para o meio da área – evitando a defesa do goleiro -, mas ninguém aproveitou a sobra.

Depois, aos 35, o time paulista perdeu aquela que foi a sua melhor oportunidade. Jô cruzou a bola para a área, a zaga da Chapecoense não conseguiu cortar e Romero, frente à frente ao goleiro Jandrei,  finalizou com o pé direito, mas, incrivelmente, ele errou o chute e mandou para fora.

  • Chape acorda

O lance fez a Chapecoense reagir e no minuto seguinte criar seu melhor lance no jogo.

Em uma investida pelo lado esquerdo da defesa do Corinthians, Túlio de Melo aproveitou um erro de Pedro Henrique, ao afastar a bola, e chutou para o gol vazio. Léo Santos apareceu e tirou a bola em cima da linha: um “milagre”.

  • Gol anulado

Aos 43, a Chapecoense chegou a marcar, mas o tento foi anulado.

No lance, Reinaldo cobrou lateral na pequena área e Cássio saltou para segurar a bola, mas foi deslocado por Túlio de Melo, com um jogo de corpo, e caiu. A bola ficou viva na área e a Chape desviou para a rede. A arbitragem, no entanto, anulou o gol.

  • Corinthians abre o placar

Aos 44, no limite do jogo, o Corinthians abriu o placar. No lance, Clayson recebeu passe de Romero do lado esquerdo do ataque e tocou para Jô. O atacante bateu com o pé direito e deu a vitória ao time alvinegro.

  • Próximos jogos

O Corinthians volta a campo já no sábado para enfrentar o Atlético-GO, na Arena Corinthians, em São Paulo, pela 23ª rodada.

A Chapecoense jogará contra o Avaí, no domingo, no estádio da Ressacada, em Florianópolis.

 

  • Ficha técnica

 

CHAPECOENSE 0 X 1 CORINTHIANS

Local: Arena Condá, em Chapecó (SC)
Data: 23 de agosto de 2017, quarta-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Paulo Roberto Alves Júnior (PR)
Assistentes: Bruno Boschilia (Fifa-PR) e Victor Hugo Imazu (PR)
Público: 15.830 torcedores
Cartões amarelos: Reinaldo (Chapecoense); Jô, Clayson, Moisés, Romero (Corinthians)
Gol: Jô, aos 44 minutos do segundo tempo

CHAPECOENSE: Jandrei; Apodi (Diego Renan), Douglas Grolli, Fabricio Bruno e Reinaldo; Lucas Marques, Lucas Mineiro, Luiz Antônio (Nenen) e Wellington Paulista; Penilla (Júlio César) e Túlio de Melo. Técnico: Vinícius Eutrópio

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Léo Santos, Pedro Henrique e Moisés; Gabriel (Camacho), Maycon, Marquinhos Gabriel (Clayson), Rodriguinho e Romero; Jô. Técnico: Fábio Carille

- Advertisment -
WhatsApp Image 2021-08-18 at 5.26.23 PM
Screenshot_3
549874643216798-4
f54459f1-2954-40f7-b3a6-7858147561ae
IMAGEM

Mais lidas