Kieza defende Argel e critica torcida: Eles têm que vir para apoiar, não xingar

Mesmo após o Vitória bater o Galícia por 1 a 0 e se manter invicto no Campeonato Baiano, o desempenho ruim da equipe na noite desta quinta-feira fez os torcedores que foram assistir à partida estádio de Pituaçu vaiarem os jogadores na saída de campo e gritarem “queremos treinador” no momento do gol.
Autor do único gol do jogo, o atacante Kieza reconheceu o desempenho abaixo do esperado, mas valorizou os pontos conquistados e a manutenção da série invicta no Baianão.
“O importante é que a gente ganhou o jogo. Vencemos, somamos os três pontos, estamos na liderança do campeonato. É isso que importa. A gente fica feliz. Não estamos satisfeitos pelo jogo que fizemos, não foi como queríamos, mas o importante é ganhar, somar os três pontos”, disse Kieza.
“Acho que o torcedor pode falar o que quiser. A gente está fechado com o Argel. Eles podem vaiar. Eles têm que vir para apoiar, não xingar. Acho que está faltando um pouco a torcida jogar mais com a gente. Isso não vai levar a lugar nenhum, a nada. Acaba atrapalhando alguns jogadores. A mim não, porque sou experiente, não me importo muito com isso. Pode me vaiar, xingar, falar o que quiser. Eles podem xingar o Argel que não vai mudar nada”, completa Kieza.