terça-feira, maio 17, 2022
BNR-728X90-RENOVACAO---SOCIAL
BNR-728X90-RENOVACAO---ILUMINACAO
BNR-728X90-RENOVACAO---PAVIMENTACAO
HomeDESTAQUESMancini comanda primeiro treino na Toca

Mancini comanda primeiro treino na Toca

Com uma mesa composta pelo treinador Vagner Mancini e o diretor de futebol Cleber Giglio, o presidente em exercício, Agenor Gordilho, deixou claro que está se mexendo para efetivar mudanças no Vitória.

Outras novidades que ainda precisam ser oficializadas pelo clube são saídas de atletas. Enquanto Paulinho e Leandro Salino já estão afastados do clube, há informação que Alan Costa e Bruno Ramires estão em processo de transferência para o Goiás e o Moreirense, de Portugal, respectivamente.

Além disso, novos jogadores podem desembarcar na Toca do Leão nos próximos dias. Mesmo tendo chegado há apenas dois dias, Giglio disse que estava ciente de conversas da antiga gestão com atletas, e disse que vai analisar cada uma das possibilidades.

“Se tiver que haver mais dispensas ou mais contratações, isso será feito. Antes, porém, temos que fazer reuniões, analisar cada caso com responsabilidade. Temos que fazer esse trabalho o mais rápido possível, detectar, sentar, conversar com treinador, com comissão técnica. Nunca contratei um atleta sem ter o aval do treinador. Se a gente entender que é bom, e cabe dentro do perfil do treinador, vamos dar sequência”, disse.

O diretor acrescentou que ainda não entrou em contato com os empresários dos jogadores, mas já falou que não vai fazer propostas que comprometam o financeiro clube.

No que depender de Mancini, que assume o Rubro-Negro pela quarta vez na carreira de técnico, os resultados positivos estão a caminho.

“O momento não é mais de crise, é de reestruturação”, declarou. “Ninguém entra no campeonato ignorando que os 45 pontos são o primeiro passo. Como vamos chegar a eles, depende, mas estou aqui porque acredito”.

Ele garantiu que tem confiança na equipe, mas não descartou subir jogadores da base para reforçar o elenco. “É importante ter um time competitivo. Se for necessário que eu use atletas do Sub-17 ou Sub-20, eu usarei”.

Mancini admitiu que seu retorno tem relação com o carinho que sente pelo clube. “Eu fui o técnico que mais treinou o Vitória no Campeonato Brasileiro. É impossível ouvir um chamado e não sentar para conversar”, disse. Ele comandou seu primeiro treino ainda nesta quarta-feira, 26, após a coletiva.

Polêmica na Chape

Mancini não comentou a polêmica sobre sua saída da Chapecoense na coletiva de imprensa, mas o assunto rendeu nesta quarta ao ter sido abordado durante o programa Redação SporTV. A jornalistas, dirigentes da Chape teriam dito que Mancini foi demitido porque estava apaixonado. Por isso, teria chegado atrasado a treinamentos e demonstrado desinteresse em relação ao time.

O treinador se defendeu por meio de nota: “Quando fui demitido da Chapecoense, a repercussão negativa para o clube foi muito grande. Muitos se voltaram contra o clube, por resultados tão expressivos com um time reconstruído. Um trabalho responsável que exigiu total dedicação. Nunca cheguei atrasado a treinos. Estou e sempre estarei APAIXONADO pelo futebol”, escreveu.

- Advertisment -
WhatsApp Image 2021-08-18 at 5.26.23 PM
Screenshot_3
549874643216798-4
f54459f1-2954-40f7-b3a6-7858147561ae
IMAGEM

Mais lidas