Mandzukic e CR7 marcam, Juventus vence o Milan no San Siro e chega a 11 vitórias em 12 jogos

0
  • PERMANECE A INVENCIBILIDADE DA JUVENTUS

    A Juventus venceu o Milan por 2 a 0 neste domingo, no San Siro, pela 12ª rodada do Campeonato Italiano. Os gols da Juve foram marcados aos 7 minutos do primeiro tempo, por Mandzukic, e aos 35 da segunda etapa, por Cristiano Ronaldo. Quando o jogo estava 1 a 0 para o time de Turim, Higuaín teve cobrança de pênalti defendida por Szczesny. Com o resultado, a Juventus permanece invicta na competição, com 11 vitórias e um empate.

    Juventus venceu Milan por 2 a 0 no San Siro

    Juventus venceu Milan por 2 a 0 no San Siro (Foto: Reprodução/Twitter da Juventus)

    O JOGO CR7 OPORTUNISTA

    O jogo deste domingo foi o primeiro de Cristiano Ronaldo contra o Milan vestindo a camisa da Juventus. O português foi bem participativo e se movimentou bastante, aparecendo pela esquerda, direita e meio do ataque. A melhor chance surgiu aos 22 minutos da etapa final, em contra-ataque da Juve. O atacante arrancou do campo de defesa, chegou à área adversária e tentou o chute rasteiro, mas Donnarumma ficou com a bola. Porém, o faro de gol de CR7 funcionou aos 35 minutos: Cancelo chutou da direita, o goleiro rubro-negro deu o rebote e o português, bem posicionado, mandou para o fundo das redes, deixando sua marca no San Siro.

    Cristiano Ronaldo marcou o segundo gol da vitória da Juve sobre o Milan

    Cristiano Ronaldo marcou o segundo gol da vitória da Juve sobre o Milan (Foto: Reuters)

    O JOGO NADA DE LEI DO EX

    O duelo entre Milan e Juventus marcou ainda o reencontro de Higuaín com o time de Turim, o qual defendeu por duas temporadas. O atacante foi emprestado ao time de Milão após a chegada de Cristiano Ronaldo. A lei do ex por pouco não funcionou no San Siro, mas acabou tendo efeito reverso. O argentino teve a chance do empate aos 40 minutos do primeiro tempo, em cobrança de pênalti defendida por Szczesny. Não bastou perder a bola do jogo. Aos 37 da segunda etapa, o atacante ainda foi expulso após falta em Benatia e muita reclamação com o árbitro. Um dia para Higuaín esquecer.

    Higuaín perdeu pênalti e foi expulso na partida contra a Juventus

    Higuaín perdeu pênalti e foi expulso na partida contra a Juventus (Foto: Reprodução/Twitter do Milan)

  • O JOGO OS 90 MINUTOS

    PRIMEIRO TEMPO: Os 45 minutos iniciais teve bastante movimentação, mas poucas grandes chances no San Siro. A Juventus esquentou a partida logo nos primeiros minutos, com Mandzukic aproveitando cruzamento de Alex Sandro e mandando de cabeça para o gol. O atacante foi quem mais incomodou no primeiro tempo. O Milan insistiu nas jogadas pelo lado direito, com Suso chegando muito por aquele lado e tentando os cruzamentos, mas nada que assustasse Szczesny. Em uma dessas chegadas de Suso, o time de Milão teve sua melhor chance: o meia tocou para Higuaín na área, e Benatia tocou a bola com a mão. Com a ajuda do VAR, o árbitro marcou pênalti. O argentino cobrou no canto direito, mas Szczesny fez a defesa.

    SEGUNDO TEMPO: O Milan voltou mais ofensivo para a etapa final, pressionando o adversário em busca do gol de empate, mas logo a Juventus equilibrou as ações, voltou a achar espaços e ser perigosa no ataque. CR7 teve duas chances, aos 9 e aos 22, mas a grande oportunidade saiu dos pés de Dybala, aos 11: em cobrança de falta, o atacante mandou a bola na trave direita de Donnarumma. O Milan passou a apostar mais nos chutes de fora da área, mas não conseguiu acertar a meta adversária. Aos 35, Cristiano Ronaldo deixou o dele após rebote de Donnarumma em chute de Cancelo. Dois minutos depois, a situação ficou ruim para o time de Milão: Higuaín fez falta em Benatia, reclamou com o árbitro e levou o vermelho. A Juve apenas segurou o resultado até o apito final.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here