Mano Menezes entra na Justiça contra o Cruzeiro e cobra R$ 5,3 milhões

0

Mano Menezes entrou na Justiça do Trabalho contra o Cruzeiro. O treinador cobra cerca de R$ 5,3 milhões. O clube celeste tinha um acordo de R$ 1,9 milhões com o técnico pela rescisão contratual, mas não cumpriu.

MSN Esportes: tudo sobre seu time

A informação foi noticiada pelo site Globoesporte e confirmada pelo Superesportes.

Em agosto do ano passado, quando acertou a saída de Mano Menezes, a Raposa fez acordo para o pagamento de duas parcelas de cerca de R$ 955 mil. O clube não pagou nenhuma delas. 

São dois processos: um cobra multas, FGTS e rescisão não paga e o outro, direito de imagem.

Mano conduziu trabalho longevo no Cruzeiro. Ele foi contratado em 26 de julho de 2016, com a missão de salvar o clube do rebaixamento no Brasileiro após a saída do português Paulo Bento. Deu certo. O time saltou da 19ª colocação, na 16º rodada (15 pontos), para a 12ª, ao término da competição (51 pontos).

Nos anos seguintes, o comandante colheu os frutos do bom trabalho e se tornou especialista em torneios de mata-mata. Foram duas conquistas da Copa do Brasil, em 2017 e 2018, além de dois títulos estaduais, em 2018 e 2019.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here