quinta-feira, maio 19, 2022
BNR-728X90-RENOVACAO---SOCIAL
BNR-728X90-RENOVACAO---ILUMINACAO
BNR-728X90-RENOVACAO---PAVIMENTACAO
HomeDESTAQUESMSC? Com vida pacata em Barcelona, Coutinho estreita laços com Messi e...

MSC? Com vida pacata em Barcelona, Coutinho estreita laços com Messi e Suárez

Imagine a cena: você está andando pelas ruas de Barcelona quando avista um carro parado no sinal. Dentro dele estão simplesmente Messi, Suárez e Philippe Coutinho, a caminho do Camp Nou para uma partida do time, onde eles poderão brindar os torcedores com aquele show tradicional. Se você for o sortudo a cruzar com esse veículo, não se preocupe, não é uma ilusão. É algo que acontece vez ou outra e que mostra como o meia brasileiro está cada vez mais se sentindo em casa na Catalunha.

Coutinho ainda não é o mesmo jogador que brilhou no Liverpool, mas aos poucos vai se adaptando ao jogo do Barça e ganhando espaço na equipe. Em menos de quatro meses, conquistou dois títulos: a Copa do Rei e o Campeonato Espanhol – a equipe catalã caiu nas quartas de final da Liga dos Campeões, mas vale lembrar que o brasileiro não pôde jogar, por já ter defendido os Reds na competição.

O que tem ajudado muito o camisa 14 é o entrosamento com Messi e Suárez. Tanto dentro quanto fora de campo. Ele e o uruguaio já se conheciam dos tempos de Liverpool e mantiveram grande amizade. Como o camisa 9 é o melhor amigo do craque argentino, consequentemente essa boa relação acabou passando um pouco para o carioca. Estaria nascendo o trio MSC?

A comparação com Neymar é inevitável. O trio MSN era letal dentro de campo e se entendia perfeitamente. Coutinho é muito talentoso e está se encaixando gradualmente no estilo dos dois companheiros. Mas o posicionamento é diferente. O MSN era um trio de ataque, enquanto Coutinho joga um pouco mais atrás de Messi e Suárez, que agora formam a dupla de frente.

“Presente” de Messi e assistências para a dupla

O meia disputou 18 jogos pelo Barcelona, tendo sido titular em 13. Desses, foi substituído em nove. Marcou cinco gols: dois com assistência de Suárez, dois com assistência de Dembélé, e o outro de pênalti, que por sinal foi um “presente” de Messi – o camisa 10 cedeu a cobrança, uma vez que a jogada foi toda de Coutinho. E deu cinco passes para gol: dois para Messi, dois para Suárez e um para Umtiti.

- Advertisment -
WhatsApp Image 2021-08-18 at 5.26.23 PM
Screenshot_3
549874643216798-4
f54459f1-2954-40f7-b3a6-7858147561ae
IMAGEM

Mais lidas