O goleiro Alex Muralha demonstrou insatisfação com a crítica feita pelo diário argentino “Olé” à defesa do Flamengo, que perdeu nos pênaltis a Taça Guanabara para o Fluminense, no último domingo. A publicação chamou a defesa rubro-negra de “frouxa”.

“Eles exageraram. Vamos ver na quarta-feira se nossa defesa é frouxa mesmo. Temos que focar no nosso trabalho, ter consciência do que temos que melhorar e buscar a vitória na estreia”, disse, referindo-se à data do duelo contra o San Lorenzo, da Argentina, no Maracanã, na estreia de ambas as equipes pela fase de grupos da Libertadores.

Muralha afirmou que mesmo que o San Lorenzo ainda não tenha jogado de forma oficial neste ano, os atletas rubro-negros conhecem a maneira dos argentinos atuarem.

“O San Lorenzo é um time muito inteligente, muito forte e temos que nos preparar da melhor maneira possível. Recebemos vídeos e vamos estudar o time deles. No fim de treino recebemos algumas informações a mais. Antes do jogo teremos uma noção melhor do que vamos enfrentar”, declarou.

Ao ser questionado sobre a derrota nos pênaltis na final do primeiro turno do Campeonato Carioca, Alex Muralha admitiu que o Flamengo não estava em uma tarde inspirada. No entanto, o goleiro ressaltou que os rubro-negros tiveram pontos positivos na partida.

“Foi um jogo atípico. Coletivamente não fomos bem, porém não está tudo errado. Até agora estávamos muito consistentes, mas infelizmente não conseguimos fazer com que isso acontecesse. Só que conseguimos o resultado de empate na raça”, finalizou.