segunda-feira, janeiro 17, 2022
BANNER_728x90px (3)
HomeBahiaNo embalo do sertanejo, Guto prevê jogo difícil contra o Botafogo-PB

No embalo do sertanejo, Guto prevê jogo difícil contra o Botafogo-PB

a tarde dessa quarta-feira, depois de oito meses, Guto voltou a conceder entrevista como técnico do Bahia. Em clima descontraído, o treinador chegou na sala de imprensa brincando com os jornalistas, ao som de Chitãozinho e Xororó.

– Aqui é o som da minha terra. Vocês gostam né? Tem que gostar de som com qualidade – brincou Guto.

Treinador comentou a pré-temporada do Tricolor (Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia)Treinador comentou a pré-temporada do Tricolor (Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia)

Treinador comentou a pré-temporada do Tricolor (Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia)

Brincadeiras à parte, Guto falou sobre diversos assuntos. O tema que o treinador mais se aprofundou foi a preparação antes da estreia. Até aqui, foram 15 dias de pré-temporada. Guto destacou o pouco tempo que teve e as estratégias criadas para não prejudicar tanto o grupo.

– Existe a remontagem da equipe. Algumas peças saíram, outras chegaram. De imediato, eles passam por questão de adaptação. A gente optou por não fazer jogo amistoso porque teria que perder pelo menos dois dias de treino, então optamos por não fazer. Perder dois dias de treino seria de muito risco. Conseguimos jogar bastante informações [para os atletas], mas não é sinal de que assimilaram tudo, nem poderiam. É a repetição que vai fazer isso. Mas também não partem do zero. Tem muitos que trabalharam com a gente, e eles auxiliam quem está chegando – afirmou o treinador.

Desde sua volta, a dúvida que existe é se o treinador está preocupado com a recepção da torcida. O treinador, no entanto, afirmou que não tem grande problema com a questão.

– Muito tranquilo, cara. Tenho certeza que existe um carinho por parte do torcedor. Eu vejo isso na rua diariamente. Se eu não visse, aí sim era motivo de preocupação – disse.

 Confira outros trechos na entrevista do técnico tricolor

Preparação para a Copa do Nordeste
– Os dias foram proveitosos, conseguimos desenvolver, houve uma entrega grande, um nível de concentração alto, e o mais importante, a gente fecha sem lesões. Agora é criar as estratégias para seguir alimentando os jogos e tendo que buscar resultados. A tendência é pegar um time que joga a Série C, então não é um time qualquer. Um time que começou antes que a gente, então fisicamente estão na nossa frente. Se não estiver errado, já fizeram quatro ou cinco jogos. Não podemos chorar. Temos que ir para dentro de campo e tentar fazer o melhor.

Hernane
– Jogador que está voltando de lesão, trabalhando bastante. No momento, não começaria como titular. A fase do Edigar é estupenda. A gente parte desse princípio. Estar preparado e aguardando oportunidade, que não vai faltar com esse volume de jogos. Foi para o campo e desempenhou. Começa a buscar seu espaço novamente. E a vida segue.

Novas peças do elenco 
– As contratações foram para essa direção. Trouxe Élber, que é jogador de extrema velocidade, habilidade, o que não descaracteriza a equipe dentro desse padrão. Tem que manter o entrosamento que já existe. O meia, o cara mais próximo do Edigar, e fazer o melhor. Espero que possa repetir e melhorar. Repetir já é um ganho. Repetir e melhorar, é muito bom.

Esquema de rodízio
– A gente vai manter a estratégia da melhor maneira possível. Não vamos fazer matemática: tira 11, bota 11. Em alguns momentos, vai ocorrer. Mas temos que fazer algo que faça com que essa sequência seja quebrada. Vamos administrar os jogadores que temos, de maneira que sempre exista o jogo e o descanso. No setor que tiver um só para repor, vamos ter que rodar, vai jogar só 45, e não 90. Vamos criar situações que já mostraram serem efetivas olhando para frente, que dão resultado, não só dentro de campo, mas é também um trabalho preventivo para que a equipe tenha uma temporada sustentável, para que você não gaste todo seu combustível e tenha que trocar de carro. À medida que você trabalha valorizando todo mundo, eles estão atentos e esperando o momento.

Elenco 2017 x elenco 2018
– Difícil nesse momento pontuar um e outro. Foi um grande elenco ano passado. O desse ano está sendo montado com muito carinho, para que possa dar resultado de campo. O caminho é visando construir um plantel tão ou mais forte, mas carece desse grupo conseguir os resultados que se sonha, que se tem por objetivo, e que se cria a expectativa.

- Advertisment -
WhatsApp Image 2021-08-18 at 5.26.23 PM
Screenshot_3
549874643216798-4
f54459f1-2954-40f7-b3a6-7858147561ae
IMAGEM

Mais lidas