quarta-feira, maio 18, 2022
BNR-728X90-RENOVACAO---SOCIAL
BNR-728X90-RENOVACAO---ILUMINACAO
BNR-728X90-RENOVACAO---PAVIMENTACAO
HomeDESTAQUESPalmeiras confia em histórico de viradas para passar pelo Boca Juniors

Palmeiras confia em histórico de viradas para passar pelo Boca Juniors

No Allianz Parque, o Verdão recebe o Boca às 21h45 desta quarta-feira (31) precisando reverter o placar de 2 a 0 a favor do time argentino

Palmeiras e Boca fazem segundo jogo da semifinal no Allianz Parque

Créditos: Cesar Greco/Palmeiras

É dia de buscar a sobrevivência, dia de lutar e acreditar até os últimos minutos. É dia de decisão para o Palmeiras na Libertadores. Com o Allianz Parque lotado, o Alviverde recebe o Boca Juniors pelo segundo jogo da semifinal da competição continental. A bola rola para o confronto entre brasileiros e argentinos nesta quarta-feira (31) a partir das 21h45 (de Brasília).

No primeiro encontro entre as equipes, o Verdão foi superado pelo placar de 2 a 0. Para avançar no tempo normal da partida de logo mais, o Palmeiras precisa vencer por três ou mais gols de diferença. Caso os paulistas devolvam o placar de 2 a 0, a decisão da vaga vai para as penalidades.

Apesar do cenário complicado, a história do Alviverde prova e comprova que as dificuldades são meros obstáculos, que não o paralisam, mas dão uma motivação a mais. Foi assim em algumas das conquistas mais importantes do clube, entre elas o título da Libertadores de 1999, onde a equipe teve viradas importantes durante o mata-mata. E as semelhanças não param por aí, no banco de reservas, comandando o Verdão em busca da taça inédita, estava Luiz Felipe Scolari. Quem também fez parte do grupo campeão daquela edição do torneio, foi o meia Zinho. Ídolo dos palmeirenses, ele falou da importância de ter um técnico experiente à beira do gramado.

— Fundamental ter treinadores experientes e vencedores nesses momentos de decisão. Assim como tivemos o Tite em 2002, o Grêmio tem o Renato Gaúcho, o Palmeiras o Felipão. Tudo isso faz com que os jogadores se sintam confiantes e protegidos quando têm um treinador como esses que conheçam a competição — afirmou Zinho.

Ciente das dificuldades que o Palmeiras terá pela frente, o ex-jogador analisou o confronto desta quarta-feira e apontou os caminhos para a classificação alviverde.

— A desvantagem de 2 a 0 é um placar bom para o Boca Juniors. Mas eu estou confiante, para mim, o Palmeiras tem um time melhor. Acredito que os jogadores que não fizeram uma boa partida lá não vão repetir a atuação aqui. Defensivamente eu vejo que o Palmeiras foi bem na Argentina, mas faltou um pouco da parte ofensiva. Produzir um pouco mais, jogando em casa com o apoio da torcida, que com certeza vai lotar o estádio, acho que isso vai acontecer. Acho que é possível o Palmeiras chegar à final. É difícil, o Boca é experiente, sabe jogar esse tipo de jogo, mas é possível fazer dois a zero e levar para os pênaltis. O que não pode é tomar o gol, porque aí fica mais difícil de reverter — encerrou.

O time que conquistar a vaga vai encarar o River Plate-ARG na grande final da Libertadores 2018. A equipe argentina eliminou o Grêmio na noite da última terça-feira (30).

- Advertisment -
WhatsApp Image 2021-08-18 at 5.26.23 PM
Screenshot_3
549874643216798-4
f54459f1-2954-40f7-b3a6-7858147561ae
IMAGEM

Mais lidas