quinta-feira, fevereiro 25, 2021

Rodrigo Chagas lamenta falta de agressividade do Vitória e espera mudança de atitude

Após a goleada sofrida para o América-MG, por 4 a 0, o técnico Rodrigo Chagas concedeu entrevista e lamentou a falta de agressividade da equipe do Vitória. A partida foi disputada na noite deste sábado, no estádio Independência.

De acordo com o treinador rubro-negro, era esperado outro tipo de postura do seu time, o que não aconteceu.

– Achei que íamos entrar com uma atitude diferente, principalmente na questão de marcação. Eu gostaria que meu time fosse mais agressivo, e realmente isso não aconteceu – afirmou.

Rodrigo Chagas, técnico do Vitória, concede entrevista coletiva após goleada diante do América-MG — Foto: Divulgação/EC Vitória

– A gente sabe que, nas quatro primeiras partidas em que nós estivemos à frente, tivemos um grupo com bastante atitude, com intensidade muito grande. Nestes dois últimos jogos depois que eu passei a ficar realmente à frente da equipe, não mais como interino… No primeiro jogo, fizemos um bom jogo, porém com pouca agressividade. Neste jogo, esperava que essa atitude, principalmente com relação à marcação, até porque a gente ia jogar com uma equipe com muita mobilidade na frente. Então a gente sabia das dificuldades que iriam acontecer. Mas não aconteceu como nós prevíamos, como queríamos. Agora é trabalhar mais o psicológico dos nossos atletas, fazer com que eles entendam que a gente tem que ter uma atitude diferente nos próximos jogos que virão pela frente – lamentou o treinador.

Rodrigo Chagas acredita que o Vitória precisa melhorar em alguns aspectos e cita o gol sofrido através de bola aérea, o primeiro do jogo [assista ao gol no vídeo abaixo].

– A gente trabalhou excessivamente as bolas paradas, tanto ofensivas quanto defensivas. Se erramos individualmente, acho que tem que dar mérito também ao adversário, pelo fato de ter conquistado o resultado, um adversário difícil, que estava na frente. Pecamos neste quesito das bolas paradas e também das bolas em cruzamento, temos que ajustar e melhorar muito mais ainda pelos próximos jogos que virão pela frente, que são os jogos que podem definir nossas vidas na competição – afirmou.

- Advertisment -

Mais lidas

Empolgado por seguir na Série A, torcedor do Sport tatua imagem de Jair Ventura

Após a permanência do Sport confirmada na Série A 2021, e com possibilidade de classificação para a Sul-Americana, as demonstrações de carinho...

Após encaminhar venda de Kanu ao São Paulo, Botafogo volta atrás e recusa proposta

Após encaminhar a venda do zagueiro Kanu ao São Paulo, o Botafogo voltou atrás e recusou proposta feita pelo time paulista na última...

Inter traça planejamento para dar rodagem a goleiros, e Daniel deve ser titular no Gauchão

O Inter só pensa no duelo com o Corinthians, na próxima quinta-feira, para tentar conquistar o tetra no Brasileirão mesmo sem depender...

Hudson, Yuri, André… Quem deve substituir Martinelli em partida decisiva do Fluminense?

O Fluminense terá três baixas importantes para o jogo decisivo desta quinta-feira, contra o Fortaleza, pela 38ª e última rodada do Campeonato Brasileiro: Nino...