Rodrygo inferniza o Vitória, comanda goleada e tira o Santos do Z-4

0

Rodrygo não deixou pedra sobre pedra na defesa do Vitória, acabou com o jogo na Vila Belmiro e comandou a goleada de 5 a 2, na tarde deste domingo, pelo Brasileirão. O garoto fez três gols, todos no primeiro tempo, deu uma assistência e foi o protagonista do triunfo, que tira o Peixe da zona de rebaixamento (substituído justamente pelo Vitória) e ameniza a crise em semana de fortes protestos da torcida. O Leão, apático, foi totalmente envolvido pelo adversário e deu novos sinais de que é forte candidato à Série B.

No jogo de maior pressão, na semana de maior tensão, um garoto de 17 anos acalmou a Vila Belmiro. Os três primeiros gols da partida foram de Rodrygo. E de tudo que é jeito: oportunista, aproveitando rebote; de talento, deixando o lateral-direito Lucas perdido com um drible; feito centroavante, aproveitando linda assistência de Gabigol e tirando do goleiro. E ainda teve tempo de deixar Gabriel na cara do gol para fazer o quinto.

  • Rodrygo, Santos x Vitória

    Rodrygo, Santos x Vitória (Foto: RICARDO MOREIRA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO)

  • DESTAQUE O VOLANTE-CENTROAVANTE
    Gol do Santos! Diego Pituca cruza e Renato faz de cabeça aos 44 do 1º tempo

    Gol do Santos! Diego Pituca cruza e Renato faz de cabeça aos 44 do 1º tempo

    Renato, quem diria, fez dois gols de cabeça. Mas só um deles valeu. No primeiro, em cruzamento de Rodrygo, estava em impedimento – bem marcado pela arbitragem. No segundo, em assistência de Diego Pituca, marcou o quarto gol do jogo.

  • DESTAQUE TOMA LÁ, DÁ CÁ
    Gabigol e Rodrygo, Santos

    Gabigol e Rodrygo, Santos (Foto: RICARDO MOREIRA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO)

    No primeiro tempo, Gabigol deu belo passe para Rodrygo fazer um gol; no segundo, Rodrygo retribuiu. Após grande defesa de Vanderlei, o garoto deu um lançamento precioso, um tapa na bola do campo de defesa, para o colega fazer o quinto gol do Peixe.

  • DESTAQUE IMAGINA A BRONCA
    Vagner Mancini, técnico do Vitória

    Vagner Mancini, técnico do Vitória (Foto: RICARDO MOREIRA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO)

    A atuação do Vitória foi assustadora para a torcida rubro-negra, sobretudo no primeiro tempo. O time baiano permitiu que o Santos trocasse passes sem problemas, cedeu espaços para infiltrações, foi passivo em divididas e esteve inoperante no ataque. Não por acaso, o técnico Vagner Mancini fez as três substituições já no intervalo. Imagina a bronca no vestiário…

  • DESTAQUELEI DO EX
    Neilton, Vitória

    Neilton, Vitória (Foto: RICARDO MOREIRA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO)

    Um pouco mais desperto no segundo tempo, o Vitória conseguiu um gol usando a lei do ex. Neilton, formado no Santos, foi o autor do primeiro, aos 17 do segundo tempo. Depois, Ramon ainda teve tempo de fazer o segundo.

    DESTAQUE COMO FICA

    Com o resultado, o Santos subiu para a 16ª colocação e deixou a zona de rebaixamento do Brasileirão. Tem nove pontos e um jogo disputado a menos. O Peixe não vencia há cinco partidas e não fazia gols há quatro. Para o Vitória, o Z-4 é uma realidade cada vez mais preocupante. Com oito pontos, é o 17º. Confira a tabela aqui.

  • DESTAQUE DE AZUL
    Santos x Vitória

    Santos x Vitória (Foto: RICARDO MOREIRA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO)

    Foi um jogo, como de costume, com um time todo de branco na Vila Belmiro. Mas não era o Santos. O Vitória usou seu uniforme reserva, e o Peixe foi a campo todo de azul – com a camisa que faz homenagem à Inglaterra.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here