segunda-feira, agosto 3, 2020

Rogério Caboclo entrega homenagem a lendas de 94 na volta da Seleção de Masters

Presidente da CBF esteve no gramado do Presidente Vargas durante o intervalo do jogo para entregar medalhas aos campeões da Copa do Mundo de 1994

Seleções de Lendas 94 - Brasil x Itália Masters. Rogério Caboclo e Parreira

O Presidente da CBF, Rogério Caboclo, esteve no Estádio Presidente Vargas para a disputa do jogo entre as lendas de Brasil e Itália. Celebrando a final da Copa do Mundo de 1994, o duelo marcou o retorno da Seleção Brasileira de Masters. Antes da bola rolar, Caboclo foi convidado ao gramado para entregar uma medalha comemorativa aos representantes dos atletas brasileiros e italianos, além dos dois técnicos.

No centro do gramado do Presidente Vargas, Rogério Caboclo deu as medalhas para os dois capitães e técnicos: Baresi, Romário, Arrigo Sacchi e Carlos Alberto Parreira. O Presidente da CBF ainda participou da entrega simbólica dos alimentos doados pela torcida à Cruz Vermelha Brasileira do Ceará. Foram quatro toneladas recolhidas durante a troca de ingressos.

Como forma de celebrar a taça conquistada nos Estados Unidos, esse grupo da Seleção de Masters é composto majoritariamente por atletas que participaram daquele título, como Romário, Bebeto e Taffarel. Além de outros campeões mundiais, também completaram o time outras lendas da Seleção Brasileira, como Careca, Palhinha e Mauro Galvão.

Dentro de campo, a Itália venceu por 1 a 0, com gol de Daniele Massaro. Ao todo, a festa contou com a presença de 17 jogadores daquele elenco campeão mundial. A ideia é que, a partir dos próximos jogos, a Seleção Brasileira de Masters reúna ídolos de diferentes gerações, como forma de homenagear e valorizar a história do nosso futebol.

Seleções de Lendas 94 - Brasil x Itália Masters. Rogério Caboclo e Romário

Rogério Caboclo entrega medalha a Romário, campeão do mundo em 1994
Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

- Advertisment -

Mais lidas

Vindo da favela e marinheiro cinco anos atrás, Cléber ganha vaga de Sobis e festeja 1º gol pelo Ceará

Vindo da favela e marinheiro cinco anos atrás, o atacante Cléber ganhou a vaga de Rafael Sobis no Ceará e não decepcionou...

Um ano depois, São Paulo ainda não tem parceiros para ajudar a pagar salário de Daniel Alves

Um ano após a contratação de Daniel Alves, o São Paulo não conseguiu firmar nenhuma parceria para ajudar no pagamento dos salários do camisa 10....

Santos ataca Sampaoli ao afirmar em rede social que pretende manter jogadores do elenco

O Santos, que ainda não tinha se posicionado sobre as ações que Eduardo Sasha e Everson movem na Justiça do Trabalho para rescindir...

Yuri César sonha em levar o Fortaleza à Libertadores e valoriza oportunidades com Ceni

Se para alguns a campanha do Fortaleza no Brasileirão do ano passado, conquistando o 9º lugar, foi surpreendente, Yuri César acredita que...