O Santos já está se programando para a Libertadores, e os torcedores de São Paulo podem ficar mais felizes. Isso porque a diretoria do clube pretende mandar para o Pacaembu as duas últimas partidas “em casa” pela primeira fase do torneio continental, contra Santa Fé, da Colômbia, e Sporting Cristal, do Peru.

Pensando na grande arrecadação que pode conseguir com a torcida da capital paulista, os dirigentes santistas querem tirar os dois confrontos da Vila Belmiro. Com isso, o único jogo na Baixada na etapa inicial da Libertadores será contra o The Strongest, no próximo dia 16, às 21h45 (de Brasília).

O martelo ainda não foi batido, mas a tendência é que pelo menos o duelo diante do Santa Fé, no dia 04 de maio, seja confirmado para o Pacaembu nas próximas semanas. Já o embate frente ao Sporting Cristal, que acontecerá em 23 de maio, ainda deve demorar para ser definido.

Como o jogo contra os peruanos será o último do Santos na fase de grupos da Libertadores, ainda será estudado se valerá a pena tirar a partida da Vila Belmiro, afinal, ela pode ser decisiva para uma possível classificação para as oitavas de final da competição. Porém, os dirigentes também estão levando em conta a força do time no Pacaembu, onde vem de uma sequência de 17 vitórias seguidas no estádio, considerado a “segunda casa” alvinegra.