A partida contra o ABC, nesta quarta-feira, válida pela Copa do Brasil, será a última em que a marca da empresa de serviços médicos estampará o peito e as costas do uniforme tricolor.

A equipe do Morumbi também revelou, pela primeira, os valores do contrato com a companhia de assistência médica. O montante pago foi de R$ 16 milhões por um ano, valor diferente do que foi especulado na época da assinatura do contrato.

O time paulista informou que já está procurando um patrocinador para substituir a Prevent Senior e ainda declarou que a única propriedade disponível no uniforme era a que a empresa de serviços médicos ocupava.

Com o valor investido pela Prevent, o São Paulo alcançou um montante de R$ 35 milhões em patrocínios e marketing em 2016. Um dos objetivos é chegar ao mesmo valor para a temporada de 2017.

O Tricolor revela que mais três parceiros – Poty, Urbano e Banco Intermedium -, que não estavam contabilizados em 2016, se juntaram ao clube.