O Sport receberá o 7 de Setembro, na Ilha do Retiro, nesta quarta-feira, em jogo válido pela segunda fase da Copa do Brasil. Nesta fase, a equipe que vencer o jogo único avança e, caso haja empate, o confronto será decidido na disputa de pênaltis.

Para a partida, o treinador Daniel Paulista deverá manter a base dos últimos jogos, com Durval e Samuel Xavier na defesa, Rithely e Diego Souza no meio de campo e Leandro Pereira e Rogério no ataque.

O técnico da equipe do Recife destacou a necessidade de se movimentar bem a bola para conseguir o resultado.

“Temos que ter movimentação, sempre tocando bem a bola, trabalhando a bola de um lado para o outro, para conseguirmos abrir a defesa adversária e conseguir encaixar esse último passe para que a gente possa traduzir o domínio da partida em gols”, analisou.

“Essa é uma situação que temos enfrentado com frequência neste início de temporada. É até normal que haja esse tipo de dificuldade. É muito mais fácil destruir do que construir”.

Na primeira fase da competição, o time pernambucano goleou o CSA por 4 a 1, enquanto a equipe do Mato Grosso do Sul ganhou, em casa, do River-PI por 1 a 0. Além disso, o Sport chega para a partida com boa situação nas outras duas competições que disputa (Copa do Nordeste e Campeonato Pernambucano).

Apesar de ter empatado com o Santa Cruz, em jogo do Pernambucano, no último final de semana, o Sport venceu três das suas últimas cinco partidas e ainda não sentiu o sabor da derrota em 2017. Já o 7 de Setembro perdeu sua última partida para o Ceilândia.

Vitória recebe o Bragantino na Copa do Brasil

Também na quarta-feira, o Vitória, que vem de sequência de quatro resultados positivos, enfrentará o Bragantino, que está na quarta colocação da segunda divisão do Campeonato Paulista.

Os grandes desfalques do técnico Argel Fucks serão os meio-campistas argentinos Jesus Dátolo, que sofreu entorse no tornozelo, e Pisculichi, que ficará três meses sem jogar após sofrer uma lesão no ligamento.

Na primeira fase da competição, o Vitória ganhou, fora de casa, do Luziânia por 2 a 0, enquanto a equipe paulista avançou após empatar, sem gols, com o Anápolis, se utilizando do regulamento, que classificava o visitante em caso de empate.