domingo, janeiro 23, 2022
BANNER_728x90px (4)
HomeBrasileirão - Serie ATrês campeões, Maracanazo, Telê e agora Bauza e Osório: São Paulo vai...

Três campeões, Maracanazo, Telê e agora Bauza e Osório: São Paulo vai para 8 técnicos que foram às Copas

Com a contratação de Edgardo Bauza pela seleção da Arábia Saudita, que agora vai disputar a Copa do Mundo de 2018, o São Paulo agora tem oito treinadores que comandaram o time e também chegaram a disputar um Mundial.

Bauza não estará sozinho nessa lista, já que o México é comandado por Juan Carlos Osório, que comandou o São Paulo em 2015.

A história de ex-técnicos do São Paulo que comandaram alguma seleção na Copa é antiga e cheia de glórias e também decepções. Veja abaixo todos os oito ex-treinadores do time tricolor que foram a algum Mundial.

  • Flávio Costa

Flávio Costa dirigiu o São Paulo entre 1960 e 1961, já no fim de carreira. No clube do Morumbi não ganhou nenhum título. Dez anos antes de chegar ao tricolor paulista, Costa comandou a seleção brasileira na Copa do Mundo de 1950. O resultado, todos sabem: o Maracanazzo e a derrota na final para o Uruguai.

  • Vicente Feola

Vicente Feola dirigiu o São Paulo em oito ocasiões diferentes entre 1937 e 1960. Ele é o técnico com mais jogos pelo clube (532), tendo sido campeão paulista duas vezes (1948 e 1949). Em fevereiro de 1958, ele foi chamado para ser técnico da seleção brasileira. Na Copa do Mundo da Suécia, o Brasil foi avassalador – cinco vitórias e um empate -, conquistando seu primeiro título mundial com direito a goleada na final contra os anfitriões por 5 a 2.

GAZETA PRESS

[]

O time histórico tinha Bellini, Zagallo, Garrincha, Zito, Vavá, Pepe, Didi, Djalma Santos, Nilton Santos e, claro, Pelé, que aos 17 anos marcou 6 gols na Copa do Mundo e se apresentou para o resto do planeta com atuação magistrais.

  • Aymoré Moreira
GAZETA PRESS

[]

Aymoré Moreira foi técnico do São Paulo por duas oportunidades diferentes entre 1962 e 1967. No Morumbi, não conquistou títulos. Porém, seu maior feito no futebol certamente foi levar a seleção brasileira ao troféu da Copa do Mundo de 1962, no Chile, de forma invicta.

Mesmo perdendo Pelé machucado pelo resto do mundial, a seleção de Aymoré contou com excelentes atuações de Vavá, Amarildo e principalmente Garrincha para levar para casa o bicampeonato da Copa.

  • Zezé Moreira

Zezé Moreira comandou o São Paulo entre 1970 e 1971, levando o clube ao título do Paulista de 70. Na seleção brasileira, ficou marcado pela eliminação diante da Hungria na Copa do Mundo de 1954 por 4 a 2 nas quartas de final.

Telê Santana comandou a seleção brasileira em duas Copas do Mundo: 1982 e 1986. O tão sonhado, e esperado, título não veio. Mas a seleção de 82 ficou marcada pelo resto da história como uma das maiores de todos os tempos mesmo perdendo o fatídico jogo no Sarriá para a Itália. Em 86, com uma geração já mais envelhecida, eliminação para a França nas quartas de final nos pênaltis.

Telê chegou ao São Paulo em 1990, com fama de pé-frio pelas duas Copas em que fracassou com a seleção. No Morumbi, se tornou no maior técnico da história do clube, atingindo o auge da história da agremiação paulista, com 10 títulos, incluindo os inéditos da Libertadores (1992, 1993) e Mundial (1992 e 1993), além do Brasileiro de 91 e Paulista de 91 e 92. Por problemas de saúde, deixou o tricolor paulista em 1996.

  • Carlos Alberto Parreira

Parreira enaltece o Carlos Alberto Torres e rasga elogios a Cuca: ‘Merecidamente o campeão’

Carlos Alberto Parreira comandou o São Paulo em 1996, pouco depois de Telê sair e Muricy Ramalho ter assumido o time por um período. Foram só 21 jogos pelo tricolor com 7 vitórias, 6 empates e 8 derrotas, sem títulos.

Ao todo, Parreira disputou seis Copas do Mundo como treinador. Em 1982, comandou o Kuwait. Em 1990, os Emirados Árabes Unidos. Em 1994, levou o tetra com o Brasil. Em 1998, liderou a Arábia Saudita. Em 2006, voltou a comandar a seleção brasileira. E em 2010 treinou a África do Sul.

  • Juan Carlos Osório
  • Após eliminação da Copa Ouro, técnico Juan Carlos Osorio deixa estádio sob protesto da torcida

Juan Carlos Osório assumiu o São Paulo em junho de 2015. Em apenas 28 jogos, teve 12 vitórias, 7 empates e 9 derrotas, sem nem ter tempo de conquistar um título pelo clube. E deixou a equipe para assumir o comando da seleção mexicana, que vai dirigir na Copa do Mundo de 2018, na Rússia.

  • Edgardo Bauza

Edgardo Bauza chegou ao São Paulo no começo de 2016. Em 48 jogos, ele teve 17 vitórias, 13 empates e 18 vitórias. Seu maior feito foi ter levado um time que não agradava muito de ser jogar à semifinal da Libertadores, caindo diante do eventual campeão Atlético Nacional.

Bauza deixou o São Paulo para virar técnico da seleção argentina. Não foi bem, acabou demitido em abril deste ano e foi treinar os Emirados Árabes Unidos, mas durou só quatro jogos e não conseguiu a classificação para a Copa do Mundo. Mesmo assim, ele foi “premiado” e irá comanda a Arábia Saudita na Rússia-2018.

- Advertisment -
WhatsApp Image 2021-08-18 at 5.26.23 PM
Screenshot_3
549874643216798-4
f54459f1-2954-40f7-b3a6-7858147561ae
IMAGEM

Mais lidas