Vasco corre risco de perder pontos por escalações de Jean e Gilberto

No entendimento de dirigentes de clubes menores, o Cruz-Maltino escalou de forma irregular o volante Jean e o lateral Gilberto na partida contra o Resende, pela terceira rodada da Taça Guanabara. Com isso, poderia perder seis pontos e ser multado entre R$ 100 e R$ 100 mil.

O regulamento do Carioca indica que, até a quarta rodada, um jogador precisa ser inscrito até dois dias úteis antes da partida e aparecer sem pendências no Bira até o dia útil anterior. Jean figurou na lista de inscritos no dia 3 de fevereiro, mas só teve o nome publicado no Bira no dia 6 – a partida ocorreu no dia 5. O caso de Gilberto é parecido – foi inscrito no dia 2 e apareceu no Bira no dia 6.

Em São Januário, o argumento da diretoria é que houve um erro da Ferj. O clube se apoia no fato de que tanto Gilberto quanto Jean apareceram no Boletim Informativo Diário da CBF antes. O entendimento é de que os atletas não poderiam estar inscritos na CBF sem estar regularizados na federação – que teria demorado para colocá-los no Bira.

Pelo artigo 214 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, um clube punido por “incluir na equipe atleta em situação irregular” perde três pontos, além dos conquistados na partida em questão – no caso a vitória do Vasco por 2 a 1 sobre o Resende. Além disso, está prevista multa entre R$ 100 e R$ 100 mil.