domingo, maio 22, 2022
BNR-728X90-RENOVACAO---SOCIAL
BNR-728X90-RENOVACAO---ILUMINACAO
BNR-728X90-RENOVACAO---PAVIMENTACAO
HomeSem categoriaVelocidade, força e resistência: o último dia de atletismo nos JUBs

Velocidade, força e resistência: o último dia de atletismo nos JUBs

O Domingo foi o último dia de provas do atletismo nos Jogos Universitários Brasileiros. O Estádio Olímpico, em Goiânia, recebeu disputas dos 200m, 110m com barreiras, revezamentos, além de provas longas, como 5.000m e marcha atlética feminina, e de força, como lançamento de dardo e martelo.

Salto em distância nos Jogos Universitários Brasileiros (Foto: Be Nice)

Estudante de educação física da UnoChapecó/SC, Marcos Balbinot, foi campeão do lançamento de martelo, com 58m20cm. Após a conquista, lembrou o início na modalidade e analisou seu desempenho na prova.

 – Comecei com 9 anos, com meu tio. Até os 15, fazia arremesso de peso e de disco, mas já aos 14, iniciei no lançamento de martelo. Estou bem feliz pela marca, mas ainda preciso melhorar bastante até o final do ano. Sempre sonhamos com Olimpíadas e vou treinar bastante para isso – afirmou.

Outro destaque do dia foram as provas dos 110m com barreiras. No feminino, Camila Paulino de Paiva (UFLA/MG) venceu com o tempo de 14s33. Entre os homens, o título ficou com Jucian Rafael Alcântara Pereira (FURB/SC), que finalizou a corrida em 14s59.

O atleta de 22 anos foi vice na outra prova que disputou e comemorou a ‘volta por cima’ no seu terceiro JUBs.

– Liderei boa parte da prova dos 400m, mas errei nas últimas barreiras e terminei em segundo. Hoje entrei mais confiante, mesmo não sendo minha prova mais forte, e ainda assim consegui alcançar o lugar mais alto do pódio.

O “Flash” catarinense

O homem mais rápido dos JUBs. Assim podemos definir Jonatan Chaves Rodrigues (UFSC/SC), que garantiu o bicampeonato também nos 200m, ao completar a prova em 20s87. Na véspera, tinha levado o segundo título seguido dos 100m.

– Estou bem feliz, não imaginava chegar tão bem nos JUBs. Ainda por cima, consegui fazer o melhor tempo da minha carreira na prova, então é uma emoção muito grande. Minha melhor marca era 21.07 e agora consegui abaixar muito, o que significa que estamos treinando direitinho.

Outros resultados

Igor da Silva Farias (UNINASSAU/PE) ganhou a disputa no lançamento de dardo, com a marca de 53m88. Nos 5.000m, Robson Pereira de Lima (UNIP/SP), com o tempo de 15s02, conquistou o ponto mais alto do pódio. Michel Farina Agazzi (UnoChapecó/SC) foi o campeão do salto em distância, tendo garantido a vitória na sua sexta (e última) tentativa, ao marcar 7m41. Viviane Santana Lyra (UniVeritas/RJ) foi a grande vencedora da marcha atlética feminina. Ela completou os 5.000m em 24m23s56.

- Advertisment -
WhatsApp Image 2021-08-18 at 5.26.23 PM
Screenshot_3
549874643216798-4
f54459f1-2954-40f7-b3a6-7858147561ae
IMAGEM

Mais lidas