segunda-feira, maio 16, 2022
BNR-728X90-RENOVACAO---SOCIAL
BNR-728X90-RENOVACAO---ILUMINACAO
BNR-728X90-RENOVACAO---PAVIMENTACAO
HomeDESTAQUESVirada, expulsão e invasão: Vitória bate a Ponte e decreta rebaixamento da...

Virada, expulsão e invasão: Vitória bate a Ponte e decreta rebaixamento da Macaca

  • Campeonato Brasileiro conheceu hoje, dia 26 de novembro, o segundo rebaixado para a Série B de 2018. De virada, o Vitória bateu a Ponte Preta por 3 a 2 no Moisés Lucarelli, em Campinas, e encerrou as chances matemáticas do time paulista na competição. O jogo terminou em tumulto, com muitos torcedores invadindo o gramado para tentar agredir os jogadores e entrando em conflito com policiais militares.

    A Ponte começou a partida de forma avassaladora e abriu 2 a 0 no placar com 15 minutos de jogo, gols de Lucca e Danilo Barcelos (pênalti). Só que, na sequência, Rodrigo foi expulso e dificultou a missão da Macaca, que teve que atuar 70 minutos com um jogador a menos. O Vitória se aproveitou e conseguiu a virada com três gols no segundo tempo. André Lima fez o primeiro e o colombiano Tréllez marcou duas vezes.

    Confusão em Campinas começou assim que Tréllez marcou o terceiro gol do Vitória na partida, aos 36 minutos do segundo tempo. Alguns torcedores da Ponte quebraram uma das grades e invadiram o gramado, o que obrigou os jogadores a correrem para o vestiário. O goleiro Aranha foi, inclusive, cercado por pontepretanos, mas não foi agredido. A PM entrou em ação e teve que controlar uma invasão maior. Após quase 50 minutos de paralisação, foi decidido que a partida não teria continuação por falta de segurança.

    Foi um primeiro tempo alucinante. Teve de tudo um pouco. Dona do jogo, a Ponte marcou duas vezes em 15 minutos: primeiro com Lucca e depois com Danilo Barcelos. A partida estava sob controle até a Macaca cair na pilha do Vitória. A expulsão de Rodrigo, em agressão infantil a Tréllez, mudou um pouco o cenário. Os visitantes foram para cima com tudo. Ainda assim, as melhores chances foram da Macaca. O Vitória assustou no fim com Tréllez e Yago. Só foi possível respirar ao apito final, aos 51 minutos.

    O segundo tempo foi marcado por uma reação histórica do Vitória. André Lima diminuiu o placar logo no começo e, em seguida, Tréllez empatou após desvio na zaga. O jogo caminhou para uma pressão total do rubro-negro, que martelou o gol da Macaca. Sem forças para reagir, a Ponte parecia esperar o fim do jogo para ao menos garantir um ponto. Em um contra-ataque, Tréllez recebeu livre na grande área e tocou para o gol vazio. A partir daí, a partida foi marcada pela confusão entre torcedores e PMs.

    FIM DE JOGO

    Representante da Federação Paulista de Futebol, Agnaldo Vieira fala sobre a decisão de encerrar a partida.

    – O policiamento nos informou que não tem segurança, não tem condições de realizar o fim da partida.

    Jogo está encerrado. O Vitória bate a Ponte Preta de virada por 3 a 2 no Moisés Lucarelli.

    Torcedores retiraram peças do concreto do Moisés Lucarreli durante a invasão. Ao fugir do gramado, eles deixaram as pedras para trás.

    Com o resultado de momento, o Vitória sobe para a 15ª colocação, enquanto a Ponte Preta é rebaixada para a Série B do Campeonato Brasileiro.

- Advertisment -
WhatsApp Image 2021-08-18 at 5.26.23 PM
Screenshot_3
549874643216798-4
f54459f1-2954-40f7-b3a6-7858147561ae
IMAGEM

Mais lidas