terça-feira, março 2, 2021

Vitória não sai do 0 a 0 com a Chapecoense e termina rodada na zona

A 35ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro terminou, ontem, com o Vitória na zona de rebaixamento pela primeira vez na atual disputa da competição. O Rubro-Negro precisava vencer a Chapecoense para evitar esse cenário, mas não passou de um empate sem gols, no Barradão.

Na 17ª posição, o Leão agora soma os mesmos 39 pontos de Náutico (16º) e Figueirense (15º). Timbu e Figueira levam vantagem porque têm um triunfo a mais em relação ao Rubro-Negro. O próximo compromisso do Vitória será na quarta-feira, fora de casa, contra o Guarani. Restam apenas três jogos para o fim da Série B.

O jogo

Chutar de fora da área foi a principal aposta do Vitória nos primeiros minutos do jogo de ontem. Léo Ceará e Van, duas vezes, arriscaram quando tiveram chances. Quem conseguiu levar perigo nesse quesito foi Thiago Lopes, que obrigou João Ricardo a fazer boa defesa aos onze da etapa inicial.

A insistência nos chutes de longa distância era reflexo da dificuldade que o Leão encontrava para entrar na área da Chapecoense. O ataque rubro-negro, ontem com Rafael Carioca na vaga de Vico, vetado pelo departamento médico, trocava passes, mas não achava os espaços no sistema defensivo adversário. Por sinal, o menos vazado da Série B.

Toda a dedicação defensiva do lado visitante estava aliada a ideia de contra-atacar para chegar ao gol no Barradão. Como essas jogadas estavam sendo bem bloqueadas pelos jogadores do Vitória, que não se envergonhavam em fazer faltas para parar o lance, demorou até que o time de branco tivesse um lance de perigo.

Só aos 34 minutos César precisou trabalhar na meta rubro-negra. A jogava começou com um vacilo de Van, que foi desarmado por Paulinho Moccelin no campo de defesa. O atacante da Chape passou a bola para Anselmo Ramon, que chutou da entrada da área e mandou por cima do gol.

O camisa nove voltou a mandar para fora uma segunda oportunidade de abrir o placar, dessa vez aos 40 minutos, após jogada trabalhada em que os visitantes conseguiram chegar até a linha de fundo e cruzar rasteiro para a área.

A melhor chance do primeiro tempo ficou para o último lance. Aos 47’ o Rubro-Negro cobrou escanteio na área e João Victor mandou uma bomba de cabeça. A bola passou muito perto da trave direita de João Ricardo.

Segundo tempo

A segunda etapa não começou boa para os donos da casa. Aos quatro minutos o time perdeu Léo Ceará, que pediu para deixar o campo por causa de dores nas costas. Sem o artilheiro, Chagas mandou o jovem Samuel, de 20 anos, para campo.

Além de perder Léo Ceará, o Vitória viu a Chape crescer na partida. Aos nove minutos César entrou em ação duas vezes para manter o zero no placar. Primeiro espalmou cabeçada a queima-roupa de Aylon. Depois, no rebote, usou o pé para defender chute de Anselmo Ramon.

O Rubro-Negro respondeu aos 16 minutos, com boa cabeçada de Lucas Cândido. O volante apareceu na área como elemento surpresa e subiu sozinho para completar cruzamento de Léo, mas faltou caprichar na pontaria.

Nos minutos seguintes o jogo perdeu em intensidade e só voltou a ganhar emoção aos 42’, quando Derlan recebeu o segundo amarelo e deixou a Chape com um jogador a menos.

O Vitória então partiu para o tudo ou nada, mas seguiu sem conseguir balançar as redes do time visitante.

- Advertisment -

Mais lidas

“Gabigol facts”: confira números e marcas alcançadas pelo “Príncipe” multicampeão do Flamengo

Que Zico é o Rei do Flamengo, poucos duvidam. Agora, o clube tem também seu Príncipe, Gabigol. Depois de mais um título,...

Lucas Fonseca avalia 2020 atípico, elogia Dado e projeta 2021: “Buscar evolução constantemente”

O elenco principal do Bahia se reapresenta nesta terça-feira após um breve período de folga. Entre as peças que voltarão a treinar no CT...

Athletico falha em estratégia e erra demais na estreia, mas tem (muito) potencial para reagir

O Athletico deixou um buraco no meio-campo, errou demais e sofreu uma justa derrota por 1 a 0 para o Cianorte. Edu, Denner, Matheus...

Após despedida no Atlético-GO, Gilvan prepara assinatura e viagem rumo ao Botafogo

Com o título do Campeonato Goiano na bagagem, o zagueiro Gilvan é esperado nesta semana no Rio de Janeiro para finalizar a...