sexta-feira, maio 20, 2022
BNR-728X90-RENOVACAO---SOCIAL
BNR-728X90-RENOVACAO---ILUMINACAO
BNR-728X90-RENOVACAO---PAVIMENTACAO
HomeVitóriaVitória sofre com protesto de torcedores - Pior defesa do Brasileirão

Vitória sofre com protesto de torcedores – Pior defesa do Brasileirão

A goleada por 5 a 2 imposta pelo Santos, no último domingo, pela nona rodada do Campeonato Brasileiro, é um ótimo recorte do Vitória versão 2018. Um time que dificilmente passa em branco, mas que sofre para se defender e é constantemente castigado por isso. Os gols marcados pelo Alvinegro Praiano fizeram o Rubro-Negro romper a marca dos 50 tentos sofridos na temporada. Pior: ao ser vazado pela 54ª vez, superou o Vasco e assumiu  o posto de time que mais levou gol entre os 20 que disputam a Série A neste ano.

20 gols, em nove jogos, sofreu o Vitória no Brasileirão. A segunda pior defesa é a da Chapecoense, que sofreu 18. As equipes se enfrentam amanhã, no Barradão

Nas 39 vezes que entrou em campo em 2018, apenas em nove oportunidades o time terminou a partida sem ser vazado. Dessas, somente duas foram contra rivais da elite: Inter e Corinthians, ambas pela Copa do Brasil. Na Série A, o time sofreu gol em todos os nove jogos que disputou. Já são 20 no total. A defesa do Vitória também é a pior da competição nacional. A média supera dois gols por jogo.

Esse é um dos maiores motivos para a revolta dos torcedores, representados por um grupo que foi nesta segunda-feira, 4, ao aeroporto para protestar, no desembarque do grupo.

Acúmulo de derrotas

Tantos gols sofridos contribuem para outro número negativo: o de derrotas. Em 2017, quando quase terminou rebaixado, o Vitória perdeu 20 vezes na temporada. Esse ano, ainda no começo de junho, já são 13 derrotas.

Esses tropeços foram responsáveis por, pouco a pouco, restringir o ano do Rubro-Negro à necessidade de lutar contra o rebaixamento no Brasileirão. Derrotas para o rival Bahia custaram o Campeonato Baiano. Depois, foi a vez de se despedir da Copa do Brasil, na qual o time até fez boa campanha, vale ressaltar. Por fim, três gols sofridos diante do modesto Sampaio Corrêa, e mais uma eliminação na temporada, essa na Copa do Nordeste.

De volta à zona de rebaixamento, resta ao Leão juntar forças para terminar o Brasileirão fora do Z-4. Roteiro que virou rotina para o torcedor rubro-negro, como lembrou o próprio Mancini.

“O Vitória, nos últimos anos, vem lutando contra a zona, e a gente quer fazer nesse ano um caminho diferente. Não tenha dúvida de que há necessidade de somar pontos para que a equipe possa sair da zona, se distanciar e brigar no campeonato por outra coisa”, disse o treinador, após a goleada sofrida na Vila Belmiro.

Diretoria, Mancini e alguns jogadores foram os principais alvos da torcida Reprodução | Youtube
Diretoria, Mancini e alguns jogadores foram os principais alvos da torcida (Foto: Reprodução | Youtube)

Desembarque

Sob protesto de torcedores, o elenco rubro-negro desembarcou nesta segunda em Salvador. Mancini, Kanu, Uillian Correia, Lucas, Rhayner e Pedro Botelho foram os mais criticados pelo grupo que esteve presente no aeroporto. Também foram ouvidos gritos contra a diretoria.

Os jogadores, no entanto, conseguiram deixar o local sem ter contato com a torcida.  Para isso, usaram o terminal de carga, e não o saguão principal do aeroporto.

A reapresentação dos jogadores na Toca do Leão está marcada para a tarde desta terça, 5. Com isso, Mancini terá apenas esse trabalho para preparar o time que entra em campo na quarta, 6, às 19h30, no Barradão, contra a Chapecoense, pela 10ª rodada da Série A.

- Advertisment -
WhatsApp Image 2021-08-18 at 5.26.23 PM
Screenshot_3
549874643216798-4
f54459f1-2954-40f7-b3a6-7858147561ae
IMAGEM

Mais lidas